GM trabalha em van elétrica para 'fechar portas' para Tesla

1 min de leitura
Imagem de: GM trabalha em van elétrica para 'fechar portas' para Tesla
Imagem: Visualhunt
Avatar do autor

A General Motors está desenvolvendo uma van totalmente elétrica e pretende anunciar 20 diferentes veículos elétricos até 2023, com a introdução da marca no setor de vans — pelo menos de acordo com o que apontam os rumores.

É a primeira vez que o desenvolvimento desses modelos é relacionado à fabricante. Até o momento, ela havia mencionado veículos elétricos "em diferentes formatos", incluindo sedans, caminhões e crossovers. Adiantando alguns dos anúncios, pessoas que conhecem o plano da GM disseram à Reuters que a marca "não quer deixar a porta aberta para a Tesla" ao impulsionar o desenvolvimento de vans elétricas.

Para Scott Phillippi, diretor sênior de manutenção e engenharia internacional da UPS, vans elétricas dariam à GM uma posição privilegiada no mercado. "Será semelhante ao que o Tesla Model 3 foi para o consumidor final", disse ele à Reuters. Partir para o setor de transporte comercial seria uma excelente alternativa para a companhia.

O setor de veículos de transporte comercial ainda é negligenciado pela Tesla.O setor de veículos de transporte comercial ainda é negligenciado pela Tesla.Fonte:  Reuters/Reprodução 

Sendo identificado pelo codinome BV1 nas sedes da GM, o modelo deve alcançar as linhas de produção no fim de 2021, de acordo com as fontes da Reuters. O feedback desse lançamento e algumas características do modelo também estarão presentes em outros produtos, como as futuras caminhonetes elétricas e os SUVs. Entre as novidades, o sistema de baterias Ultium, exclusivo da GM, já estaria confirmado.

A fabricante ainda discute como comercializar o novo produto e estuda qual é a melhor opção entre associar a nova van elétrica a marcas já existentes, como Chevrolet e GMC, ou levar o produto para outras linhas, como a Maven.

A chegada da primeira van elétrica da GM pode colocar a companhia na dianteira da corrida de veículos elétricos para entregas e transporte comercial. O líder desse setor é determinado pelo custo dos seus produtos, não pela estética ou por fatores superficiais; sendo assim, quanto mais cedo estiver na competição, mais tempo e experiência a marca terá para manter a liderança entre os futuros competidores — incluindo a Tesla.

Ainda não há qualquer confirmação sobre a nova linha de vans elétricas da GM e quando ela será anunciada. Apesar disso, será um grande avanço para a substituição de veículos a combustão por alimentação com baterias.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
GM trabalha em van elétrica para 'fechar portas' para Tesla