Mustang elétrico será mais rápido e potente do que o previsto

1 min de leitura
Imagem de: Mustang elétrico será mais rápido e potente do que o previsto
Imagem: Ford
Avatar do autor

O Mustang Mach-E, novo SUV cupê elétrico da Ford, vai ser mais potente e veloz do que esperávamos. Com base nas informações vazadas no fórum Mach-E e divulgadas pelo Autoblog, pelo menos duas das cinco versões deste carro terão melhorias.

O Mustang Mach-E GT Performance Edition, versão mais equipada, saiu de 57,6 kgfm de torque para 59 kgfm, além de ter ganhado 14 cavalos de potência chegando aos 346 cavalos. Já o Select, versão mais básica do Mustang, vai entregar uma potência de 266 cavalos e um torque de 43,8 kgfm, comparados aos 42,3 kgfm anteriores.

Inicialmente, a Ford deu a entender que o Mach-E estava pronto e que não seria necessário fazer alterações extras. A proposta original da montadora já era um tanto quanto ousada em uma série de detalhes, sobretudo no quesito design. Afinal, trata-se de um clássico na versão SUV elétrico. 

a  Ford

O Mach-E é um ponto fora da curva da família Mustang. Mas, apesar de se afastar do conceito original, ele apresenta alguns traços do Muscle com um modernismo à la Tesla. Estamos falando de um carro que dispensa maçanetas, com portas que abrem ao se aproximarem do celular do motorista.

Se os rumores levantados pelo Autoblog forem confirmados, o novo SUV elétrico vai ter alguns décimos a menos no tempo de aceleração de 0 a 100 km/h e entregar velocidades máximas mais altas — uma melhoria modesta, mas ímpar em um mercado tão competitivo.

Os modelos variam entre US$ 34.895 (R$ 182 mil) para a versão de entrada e US$ 60.500 (R$ 316 mil) para a versão mais equipada, preços considerados razoáveis para carros elétricos de alto desempenho. Segundo a Ford, o Mustang Mach-E tem previsão de lançamento para 2021, mas ainda não se sabe exatamente quando este modelo será colocado à venda.

Mustang elétrico será mais rápido e potente do que o previsto