BYD revela estratégia para dominar o mercado de carros elétricos

1 min de leitura
Imagem de: BYD revela estratégia para dominar o mercado de carros elétricos
Imagem: Tesla
Avatar do autor

A fabricante chinesa BYD, referência em produção de carros elétricos e baterias de lítio, divulgou em 29 março uma nova opção promissora de bateria com base no composto químico fosfato de lítio e ferro (LFP), a Blade Battery. Apesar de parecer apenas uma ação comum de marketing, esse anúncio seria apenas o primeiro passo de uma estratégia para dominar o mercado de carros elétricos, segundo o site Interact Analysis.

Ainda em março, a fabricante criou a Fugi, uma marca que reúne cinco empresas que vão vender baterias elétricas, inclusive a Blade Battery, e outros componentes para uma variedade de fabricantes.

A premissa dessa estratégia é simples: para que uma tecnologia se torne padrão em um determinado mercado, é necessário que ela seja compartilhada pela empresa que a desenvolveu. Um exemplo claro disso é o que a Microsoft fez com o Windows.

a  Insideevs 

Nesse sentido, não basta que um produto se torne referência em qualidade se sua disponibilidade for baixa. No quesito qualidade, a Blade Battery já está bem servida. Com um ciclo de vida de 1,2 milhão de km, a bateria pode durar até 8 anos.

Além de ter sido considerada extremamente segura, ela ainda é mais econômica do que outras baterias. De acordo com o Interact Analysis, seu custo gira em torno de US$ 90 por kWh enquanto baterias de íon de lítio chegam a US$ 158 por kWh, segundo um relatório da Statista.com divulgado em 2019.

O primeiro carro equipado com a Blade Battery é o sedan Han com autonomia de 605 km (ciclo NEDC). Em apenas 3,9 segundos, este carro vai de 0 km/h a 100 km/h. Seu lançamento estava previsto para junho, mas a pandemia de covid-19 pode ter gerado mudanças no calendário.

Uma vez que essa tecnologia se torne uma referência para montadoras de carros elétricos, a BYD terá um vasto controle sobre esse mercado. Com isso, se a fabricante seguir o caminho esperado e disponibilizar seus componentes para montadoras inclusive de pequeno porte, os carros elétricos podem se tornar cada vez mais acessíveis.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
BYD revela estratégia para dominar o mercado de carros elétricos