Toyota faz recall de 3,4 milhões de veículos por falha no airbag

1 min de leitura
Imagem de: Toyota faz recall de 3,4 milhões de veículos por falha no airbag
Avatar do autor

Na última terça-feira (21), a Toyota Motor Corp. declarou que solicitará o recall de 3,4 milhões de veículos no mundo todo. Segundo a montadora, os airbags desses veículos estão com problemas e não são acionados na ocorrência de acidentes.

O recall inclui cerca de 2,9 milhões de veículos só nos Estados Unidos. O defeito atinge unidades como: Corolla (2011-2019); Matrix (2011-2013); Avalon (2012-2018); Avalon Híbrido (2013-2018).

Ainda não há informações sobre o impacto causado pelo recolhimento dos veículos. A correção, por sua vez, é bastante simples: serão instalados filtros elétricos nos veículos para aperfeiçoar a performance dos airbags. Atualmente, o mecanismo de segurança não conta com proteção contra ruídos elétricos.

Sendo assim, se um acidente provocar o ruído, o airbag não será acionado ou será enchido parcialmente. O distúrbio elétrico também pode interferir no funcionamento de pré-tensionadores dos cintos de segurança.

(Fonte: Reuters/Reprodução)

Erro de fabricação

O defeito foi descoberto após a investigação do NHTSA (National Highway Traffic Safety Administration), órgão de segurança viária norte-americano. Técnicos estavam estudando as causas de dois acidentes envolvendo Toyotas Corolla — cujo airbag não foi acionado.

A suspeita, então, se voltou à origem do airbag: a TRW Automotive, que hoje é parte da ZF, uma das maiores fabricantes de peças automotivas do mundo. Se a causa da falha por proveniente da fabricação, não só os veículos da Toyota serão afetados, mas unidades da Hyundai; Kia e FCA — que já fizeram recall — também são defeituosos.

A Toyota norte-americana ainda não revelou se há mortes ou feridos relacionados à falha do airbag.

Cupons de desconto TecMundo:

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Toyota faz recall de 3,4 milhões de veículos por falha no airbag