BASF cria tinta escura mais visível para carros autônomos

1 min de leitura
Imagem de: BASF cria tinta escura mais visível para carros autônomos
Avatar do autor

A alemã BASF, líder mundial na área química, está trabalhando em uma tecnologia para tornar tintas escuras mais visíveis ao sistema de visão LIDAR, utilizado em carros autônomos.

Atualmente, ele enfrenta dificuldades para detectar veículos de cores escuras, pois a tecnologia funciona por meio da emissão de luz infravermelha, que precisa ser refletida para que o reconhecimento dos objetos aconteça.

Dezenas de empresas têm tentado melhorar a tecnologia óptica do sistema LIDAR, para que sua visão seja aprimorada no trânsito. Mas a BASF Automotive Solutions resolveu deixar o LIDAR como ele está e mexer exatamente na fórmula da tinta.

Como cores escuras tendem a absorver mais luz que as claras, o que atrapalha a visão do sistema, a BASF decidiu criar uma tinta removendo o pigmento de carbono negro, associado a um sub-revestimento incolor com alta capacidade reflexiva. Assim, o carro pode manter sua cor escura e, ao mesmo tempo, refletir o infravermelho emitido pelo LIDAR. Veja como isso funciona na demonstração abaixo:

A nova tinta da BASF recebeu o nome de Centripetal Blue, que é, basicamente, uma tonalidade de azul tão escura que se confunde com o preto, o que vai agradar tanto os donos dos carros comuns quanto as empresas que desenvolvem veículos autônomos.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
BASF cria tinta escura mais visível para carros autônomos