Uma campanha da marca de veículos de luxo Lexus foi a responsável por lançar o primeiro comercial escrito por uma inteligência artificial. Feito em parceria com a IBM, a propaganda tem roteiro da IA Watson e foi dirigida por Kevin Macdonald, responsável por filmes como “O Último Rei da Escócia” e “Intrigas de Estado”.

Para produzir o roteiro desejado, a IA foi alimentada com vários textos de propagandas de produtos de luxo premiadas nos últimos 15 anos, além de dados relacionados a forma como as pessoas tomam decisões. A princípio, a expectativa era de que uma equipe criativa precisaria reescrever boa parte do que a IA gerasse, mas o time ficou surpreso com o fato de ter recebido um roteiro pronto para ser filmado.

Como relatou um dos envolvidos no processo, praticamente todas as linhas do texto vieram com referências explicando o motivo de a IA ter tomado certas decisões. Ela indicou, por exemplo, que o criador do automóvel deveria ter um “designador emocional (ex.: pai em vez de engenheiro)”, o que levou o diretor a mostrar o personagem acompanhado da filha.

Quanto à história, ela trata de um carro com um grau um pouco assustador de autonomia. Ele precisa participar de um teste de colisão, mas não parece interessado em ser destruído no processo. Essa foi também uma forma de promover os sistemas de inteligência artificial presentes no carro, como o freio automático e o controle de temperatura interna. Assista ao comercial abaixo.

Além de promovida nas redes sociais, a propaganda deve ser exibida em alguns cinemas na Europa durante os próximos meses. Mas por mais que ele faça sucesso, a Lexus garante que não pretende substituir os serviços das agências de publicidade por robôs. A ideia é utilizar a IA como um complemento, liberando o pessoal para tomar decisões mais subjetivas. “Estamos comprometidos com a ideia de homem mais máquina”, disse um executivo da marca.