A Here é uma companhia que nasceu inicialmente para fornecer serviços de mapeamento para a Navteq em 2007, usado posteriormente nos dispositivos da Nokia, a partir de 2011. Desde que foi vendida para o consórcio Audi, BMW e Daimler, em 2015, ela vem se dedicando à soluções de análise, transmissão e processamento de dados para a indústria automotiva, incluindo os veículos autônomos. Agora, os novos serviços baseados em conexões remotas over-the-air (OTA) estão chegando à América Latina e o Brasil é um dos mais importantes mercados na meta de expansão.

O sistema conta com integração do Uptane, um avançado conceito de segurança para atualizações pelo ar no setor automotivo

Chamado de OTA Connect, a novidade da Here vem assegurando software e firmware entre nuvem e veículos desde maio nos Estados Unidos e agora chega ao território nacional. “As grandes montadoras estão integrando o OTA Connect em escala global e habilitando o serviço sempre que seus respectivos modelos estiverem equipados com um módulo de conectividade. Obter uma maior penetração de conectividade é nosso o maior desafio para a América Latina neste momento”, afirma Thad Dungan, head do setor automotivo da Here Technologies para as Américas. Ele falou com exclusividade com o TecMundo.

Como foi projetado para integrar-se ao back-end da montadora e usar a tecnologia de código aberto, o OTA Connect pode ser oferecido a clientes automotivos globais e evita o "aprisionamento" a fornecedores específicos. A grande vantagem é que ele já foi criado especificamente para a área de transporte e possui o Uptane, um sistema de atualização que dificulta a instalação de malware em veículos, mesmo se algumas chaves de acesso já forem comprometidas.

hereMapeamento em tempo real da Here Technologies

“O OTA Connect é baseado numa tecnologia muito moderna e, ao contrário de outras, foi criado inicialmente apenas para a indústria automotiva. É um sistema altamente confiável e escalável, com integração do Uptane, provavelmente o mais avançado conceito de segurança para atualizações pelo ar para o setor automotivo.”

Nova fase da Here tem como foco o “mundo autônomo”

Após a venda da Nokia, em 2015, a Here se reinventou com o consórcio liderado pela BWM, Daimler e Audi e que também conta com a Intel, a Pioneer, a Continental e a Bosch. Todas trazem suas expertises em cada área para compor um serviço mais completo.

“Essas empresas capacitaram a Here a habilitar o conceito de ‘Mundo Autônomo’ para todos, em que localização e mobilidade estão no centro de todas as tecnologias conectadas que temos agora e no futuro”, explica Thad Dungan. Há três anos, a companhia tem capacitado serviços como direção automatizada, logística empresarial e gerenciamento avançado de tráfego.

OTA Connected pode aproximar os clientes das montadoras por meio da plataforma multisserviço baseada em nuvem

“A Here está agora construindo uma plataforma de localização aberta que liberará ainda mais o potencial de conteúdo baseado em localização e mapas e serviços de mobilidade em tempo real, indo além da indústria automotiva, criando uma nova era de análise de localização, comércio eletrônico e publicidade direcionada”, adianta Thad.

here thadThad Dungan, head do setor automotivo da Here Technologies para as Américas

E o que a Here tem para o Brasil, país onde ainda engatinhamos na tecnologia de veículos autônomos e sequer temos um plano de governo para a criação de infraestrutura para esse fim? O executivo diz que a plataforma multisserviço baseada em nuvem OTA Connected pode aproximar as montadoras dos clientes por meio dos serviços pós-venda e até oferecer novas frentes.

“É uma ferramenta valiosa para elas aumentarem a satisfação e fidelidade do cliente, mas ao mesmo tempo reduzir os custos relacionados a ‘recalls’ e outras atualizações de software nos veículos. As montadoras também podem ativar e oferecer novos serviços e recursos a um simples toque dos clientes. E isso pode ser feito agora mesmo, usando a infraestrutura atual no Brasil e em outros países da América Latina.”

Cupons de desconto TecMundo: