Nesta semana, o mundo todo ficou de olho na Tailândia. Lá, um treinador de futebol e sua equipe infantil ficaram presos dentro de uma caverna (na qual eles entraram para fugir de um temporal, mas acabaram presos por causa da água). Não demorou para que Elon Musk (da Tesla, da SpaceX e da Boring Company) mostrasse suporte e oferecesse ajuda para o resgate.

Pois ele não estava para brincadeira. No sábado ele deu novas informações sobre os avanços do desenvolvimento de um "submarino do tamanho de uma criança" para ajudar no resgate, projeto que ele e os engenheiros da SpaceX realizaram.

E hoje (domingo) ele publicou vídeos dos testes do aparelho em uma piscina, informando que o material já estaria sendo enviado para a Tailândia em um avião. Vale dizer que o sistema foi construído com o uso de um tubo de oxigênio líquido usado nos foguetes Falcon como casco. 

Os testes mostraram que é possível carregar uma criança com segurança e estabilidade dentro da cápsula, que deve ser carregada por dois mergulhadores para que o percurso de resgate seja percorrido. A cápsula tem "quatro portas de ar na frente e na traseira. A dianteira ainda é protegida por um nariz-cone e há duplo isolamento para selar uma janela de acrílico que permite aos mergulhadores observarem o ocupante".

Vai ser usado na Tailândia?

No momento em que a cápsula de Musk estava sendo enviada para a Tailândia, a operação de resgate dos garotos tailandeses já havia começado. Com isso, espera-se que não seja necessário usar o projeto nesta missão. Mesmo assim, Elon Musk usou seu Twitter para dizer que o protótipo vai continuar disponível para emergências futuras, mencionando também que algumas modificações podem transformar o sistema em um "pod de fuga para o espaço".

SpaceX

Musk ainda foi além e elogiou muito a equipe que está trabalhando no local: "Continuo impressionado com a coragem, resiliência e tenacidade das crianças e dos mergulhadores. O caráter humano mostrado em sua melhor forma".