Em um evento de negócios na Suécia no último dia 24 de janeiro, o cofundador da AppleSteve Wozniak soltou mais uma de suas pérolas. As vítimas da vez foram Elon Musk e a Tesla. “Woz”, como é conhecido, explicou porque perdeu a confiança na palavra de Musk e de sua fabricante de carros pelo fato de ambos terem quebrado diversas promessas referentes especialmente ao Autopilot, que eventualmente seria um sistema capaz de tornar os carros da Tesla completamente autônomos.

Mas eu ainda amo o carro, ainda é lindo

“Atualmente, eu não acredito mais em nada que Elon Musk ou a Tesla dizem”, disse Woz a em um auditório. “Mas eu ainda amo o carro, ainda é lindo”, completou. O cofundador da Maçã explicou que ficou empolgado com as promessas de um Autopilot capaz de “dirigir pelo país” e criticou as ações da empresa para torná-lo mais utilizável. Segundo ele, o sistema ainda precisa ser bem melhorado.

“Eles lançaram um conjunto de sensores, e Elon Musk disse que isso permitiria que o carro dirigisse sozinho de um lado a outro do país até onde você está até o fim de 2016… Oh! Eu precisava ter aquilo”, brincou Woz.

Agora esse novo carro vai pilotar sozinho de um lado ao outro do país até 2017. Eu acreditei nessas coisas

“Depois eles descobriam que aqueles sensores nunca permitiriam que o carro fosse autônomo de verdade então eles se livraram daquilo e contrataram outra fornecedora de sensores. Eles colocaram novos sensores — em vez de uma câmera, agora eram oito câmeras — e agora esse novo carro vai pilotar sozinho de um lado ao outro do país até 2017. Eu acreditei nessas coisas”, completou.

A Tesla realmente precisou atualizar os sensores de seus carros para que o Autopilot pudesse evoluir, mas o sistema completo ainda não foi lançado. Os donos de carros da Tesla estão inclusive cobrando Musk pela segunda geração do software.  No fim de dezembro, um usuário do Twitter cobrou Musk no microblog. Em resposta, o executivo se desculpou e disse que estão sendo feitos testes.

“Desculpe pelo atraso. Nós temos a rede neural de inteligência artificial mais avançada em qualquer produto destinado ao consumidor final, portanto ela está passando por testes exaustivos. Os resultados estão me impressionando demais, e acho que você terá uma experiência similar”, escreveu Musk.

Você acha que as empresas de Elon Musk vão algum dia vão conseguir cumprir seus grandes prazos? Algumas coisas certamente já saíram na data prevista, mas quantidade de “promessas quebradas” é grande. Dê a sua opinião na seção de comentários.