Os carros autônomos são uma moda passageira ou têm um lugar reservado no futuro da mobilidade urbana? Essa pergunta pode não ter uma resposta exata, mas é fato que cada vez mais companhias, tanto grandes nomes do setor automobilístico quanto gigantes da tecnologia, investem em projetos envolvendo carros que dispensam o uso de motoristas humanos.

Para se preparar para esse futuro autônomo dos automóveis, a plataforma de educação Udacity e o Lyft, serviço de compartilhamento de caronas concorrente do Uber e do Cabify, lançaram em conjunto o curso Introdução a Veículos Autônomos. Com duração de quatro meses, o curso completo sai por US$ 800 (cerca de R$ 2.500 em conversão direta).

Lyft oferece 400 bolsas de estudos para estudantes carentes e as aulas já estão disponíveis a partir de hoje (19). Para se inscrever (com ou sem bolsa), é preciso ter alguma experiência em programação e conhecimentos de álgebra. Quem completar este curso poderá se matricular nos cursos de nanograduação em Carro Autônomo e Robótica oferecidos pela Udacity.

UdacityCurso de nanograduação do Udacity introduz estudantes no universo dos carros autônomos.

Todos os cursos oferecem certificação e podem servir de formação complementar para engenheiros da área ou mesmo para entusiastas que desejam conhecer mais sobre o tema — e têm alguns milhares de reais sobrando para realizar o investimento necessário. Mas dada a projeção que os carros autônomos já alcançam atualmente, esse conhecimento pode ser bem válido para o mercado de trabalho.

“Há um mercado enorme para engenheiros de carros autônomos”, afirma o fundador e presidente do Udacity Sebastian Thrun. “Várias companhias que você não suspeitaria entraram neste campo e estão contratando de forma massiva”, prossegue o líder da organização.