Assim como a Mercedes, a Smart também está planejando levar novidades sobre seu futuro para o Salão de Frankfurt, que vai acontecer em setembro. A carta na manga da marca por trás do pequenino ForTwo é um carro-conceito elétrico e autônomo que será voltado para o serviço de compartilhamento de veículos.

A ideia é que o automóvel já venha com um sistema de carsharing embutido e, de acordo com teasers divulgados pela marca, ele também contará com funcionalidades bem específicas para o serviço, como é o caso de um display na grade frontal que vai ser usado para “falar” com os pedestres e com outros motoristas – e que, de quebra, poderá ser usado como um local para publicidade também.

A Daimler afirmou que o veículo vai se apoiar na nova estratégia corporativa do grupo, com carros conectados, autônomos, compartilháveis e elétricos, fazendo jus à promessa de que, a partir de 2018, apenas os ForTwo elétricos serão vendidos nos EUA.

Nenhum outro detalhe a respeito das especificações foi dado até agora, mas a Smart já vinha trabalhando no conjunto motriz do ForTwo Electric Drive, que gera o equivalente a 80 cavalos de potência com uma bateria de 17,6 kWh e que também garante uma autonomia de 200 quilômetros em um ambiente urbano.