A Bosch está trabalhando em diversas funcionalidades maneiras para carros autônomos: uma delas é um sistema de frenagem autônoma para veículos chamado iBooster, que é voltado para a detecção de ciclistas – o que representa um passo a mais em relação aos que só detectam pedestres.

A tecnologia funciona em velocidades baixas, até 40 km/h, e intervém automaticamente até a parada total do veículo, caso uma pessoa numa bicicleta resolva se enfiar na frente do veículo por um motivo qualquer. Assim que não houver mais perigo, o carro volta a andar normalmente.

O sistema é capaz de entrar em ação em apenas 160 milissegundos. O jornalista Reese Counts, do site Autoblog, demonstrou o funcionamento de dentro do carro, em que a Bosch utilizou um boneco no lugar de uma pessoa real – porque, é lógico, isso seria meio irresponsável.

Testing the cyclist detection on the automatic braking system. #BoschME #bicycle #cycling #activesafety

Uma publicação compartilhada por Reese Counts (@rmcounts) em

O sistema é capaz de detectar os ciclistas em situações de baixa visibilidade também, como é o caso de uma neblina mais densa, graças ao uso de radares na dianteira do veículo. O foco, evidentemente, é o uso em centros urbanos, em situações em que ciclistas podem sair de veículos parados e acabam exigindo uma ação rápida dos condutores.