Parece o carro perfeito pro Jaspion combater Satan Goss, mas é apenas o novo conceito da Mitsubishi de um novo SUV absurdamente econômico: este é o GT-PHEV, apresentada pela montadora nipônica no Paris Motor Show 2016. Como é costume nos carros da Terra do Sol Nascente, o modelo vem recheado de tecnologia.

Começando pelo sistema de tração nas quatro rodas chamado de Super All Wheel Control, que vem com três motores elétricos. Um deles, que gera cerca de 120 cavalos de potência, funciona junto com o motor de 2.5 litros a gasolina – que funciona especificamente para alimentar os propulsores elétricos –, enquanto os outros dois, de cerca de 62 cavalos cada, ficam nas rodas traseiras. Ao todo, o GT-PHEV tem 244 cavalos de potência.

Esse sistema elétrico por si só tem uma autonomia máxima de 120 quilômetros. Parece pouco, mas, quando combinado com o motor à combustão normal, esse número pula para impressionantes 1,2 mil quilômetros e com emissões de CO2 na casa das 26 g/km.

É claro que outros fatores influenciam o resultado: o GT-PHEV é baseado pesadamente em otimização de peso e conta com uma suspensão adaptativa que sobe ou desce de acordo com a velocidade do veículo para ajudar na parte aerodinâmica.

Falando em aerodinâmica, você já deve ter notado que o design do SUV é bem futurista e um tanto peculiar: a dianteira bem pronunciada e alta marca uma identidade visual mais arrojada da Mitsubishi, com detalhes em preto piano e com faróis posicionados em uma linha mais baixa e na posição vertical.

Tudo isso passa um ar mais “intenso” ao GT-PHEV. A montadora coloca isso de uma forma um pouco mais complicada: “ela deve dar um senso de confiança ao condutor ao mesmo tempo que estimula sua busca por aventura, expressa através da composição da superfície da carroceria em estilo metálico”.

Inspirador, no mínimo, e tudo isso é reafirmado pelas portas traseiras que abrem no estilo suicida, ou seja, para trás.

A grande sacada do conceito, no entanto, está na parte mecânica. Graças a uma tecnologia chamada de Active Yaw Control da Mitsubishi, o modelo consegue manipular os motores elétricos de forma a fornecer torque na medida certa nos eixos traseiros, gerando um equilíbrio que aumenta a estabilidade e a capacidade de curvas do SUV.

Por dentro, a GT-PHEV traz um painel inteiramente digital com um monitor de alta definição dos dois lados que transmitem as imagens das câmeras que tomaram os lugares do espelhos retrovisores. No console central, os comandos são feitos em uma tela touchscreen.

O sistema de navegação do conceito leva em consideração o clima e a topografia para estabelecer os parâmetros de eficiência e o comportamento adaptativo da suspensão.

Não há qualquer informação a respeito de quando o GT-PHEV será colocado em produção ou qual será seu preço.

Cupons de desconto TecMundo: