Oppenheimer perde para Homem-Formiga e está fora do Oscar de efeitos visuais

Imagem de: Oppenheimer perde para Homem-Formiga e está fora do Oscar de efeitos visuais
Imagem: Marvel

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, responsável pela organização do Oscar, divulgou nesta quinta-feira (7) a lista de pré-indicados ao prêmio de Melhores Efeitos Visuais. Na seleção de filmes, uma ausência em especial foi notada pelo público.

Ao todo, são 20 longas-metragens que fazem parte do filtro, que será reduzido para cinco competidores na lista final. Os indicados de todas as categorias serão divulgados oficialmente no dia 23 de janeiro de 2024.

Veja quais são os pré-indicados na categoria de Melhores Efeitos Visuais:

  • Barbie
  • Homem Aranha: Através do Aranhaverso
  • Godzilla: Minus One
  • Guardiões da Galáxia Vol. 3
  • Resistência
  • Rebel Moon — Parte 1
  • Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania
  • Assassinos da Lua das Flores
  • As Marvels
  • Aquaman e o Reino Perdido
  • The Boys in the Boat
  • Dungeons & Dragons: Honra Entre Rebeldes
  • Indiana Jones e a Relíquia do Destino
  • Missão: Impossível — Acerto de Contas Parte 1
  • Napoleão
  • Nyad
  • Pobres Criaturas
  • A Sociedade da Neve
  • Transformers: O Despertar das Feras
  • Wonka

A cerimônia do Oscar acontece no dia 10 de março de 2024.

Oppenheimer fora da categoria gerou revolta

A principal ausência da lista, de acordo com muitos dos comentários nas redes sociais, foi Oppenheimer. A cinebiografia do físico teórico que liderou a criação da bomba atômica foi dirigida por Christopher Nolan e bastante elogiada pelos aspectos visuais, em especial no teste definitivo da tecnologia.

São muitas as reações negativas à pré-lista, em especial porque algumas das produções foram criticadas no lançamento justamente pelos efeitos de computação gráfica (GCI) — caso de Homem-Formiga e a Vespa: Quantumania, por exemplo.

Por outro lado, há quem acredite que o próprio Nolan contribuiu para que a produção ficasse de fora dessa disputa. Em entrevistas, o diretor citou que Oppenheimer não tem cenas de CGI, preferindo utilizar efeitos de ilusão com fogo e fumaça e até explosivos reais para replicar os efeitos desejados.

Homem-Formiga e a Vespa: QuantumaniaHomem-Formiga e a Vespa: QuantumaniaFonte:  Disney 

Mais tarde, o supervisor de efeitos do filme, Andrew Jackson, explicou que a declaração foi interpretada como uma generalização. "Efeitos visuais podem englobar muitas coisas", diz o profissional, não sendo apenas uma tela verde ou objetos adicionados na pós-produção.

Além disso, Oppenheimer de fato apresenta efeitos não-práticos ao sobrepor camadas de elementos filmados em ocasiões diferentes. A categoria de Melhores Efeitos Visuais envolve a avaliação de todos essas adições "especiais", não apenas por computação gráfica.

Fontes

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.