Peaky Blinders: tudo o que você precisa saber antes da 6ª temporada (recap)

Imagem de: Peaky Blinders: tudo o que você precisa saber antes da 6ª temporada (recap)
Imagem: BBC

Nesta sexta-feira (10), a 6ª e última temporada de Peaky Blinders chega finalmente à Netflix. Contando com acontecimentos interessantes e dinâmicos, a produção promete satisfazer o público com um desfecho de tirar o fôlego. Mas acalme-se! Para encerrar a história de Tommy Shelby (Cillian Murphy) e seus aliados, os produtores vêm desenvolvendo um longa-metragem.

E para relembrar algumas questões ocorridas na 5ª temporada, confira nosso recap completo logo abaixo!

(BBC/Reprodução)(BBC/Reprodução)Fonte:  BBC 

Peaky Blinders: o que relembrar para a estreia da 6ª temporada?

Tommy possui um grande inimigo, neste caso, Oswald Mosley (Sam Claflin) e, na 5ª temporada, sua principal ambição é derrotá-lo. Mas será que ele realmente consegue chegar nesse objetivo? Uma das imagens que mais marcaram os espectadores na exibição dos últimos episódios é a de Tommy apontando uma arma para sua própria cabeça. Desesperado, aflito e atordoado, o personagem parecia ter chegado ao final da linha.

Mas muito antes disso, outros conflitos o atingiram. Michael (Finn Cole), por exemplo, o havia desagradado por conta dos investimentos perdidos da Shelby Company devido à crise de 1929. E mesmo que Michael ainda tivesse muito apreço por Tommy, a situação entre eles nunca mais foi a mesma, sobrando até mesmo para Tia Polly (Helen McCrory).

Nesse sentido, coube a Michael recuperar todas as finanças perdidas. Para isso, o personagem, junto de Gina (Anya Taylor-Joy), tentou fazer uma proposta a Tommy para que a Shelby Company fosse utilizada como fachada na expansão dos negócios do grupo em cidades como Nova York, Detroit e até mesmo Boston, onde a família de Gina havia se estabelecido.

Tommy, no entanto, não viu vantagem em nenhuma palavra colocada por Michael e, em seguida, o demitiu. Mas as coisas pareciam mais complexas do que o público imaginava, mostrando que esses problemas ainda poderiam render muitas discussões. Enquanto tudo isso ocorria, ainda havia Mosley no meio do caminho, se articulando com seu inimigo cada vez mais de perto.

Desse modo, Tommy e ele estavam prontos para confirmar sua aliança publicamente diante da criação da União Britânica de Fascistas. No fundo, Tommy estava interessado nas vantagens que poderia obter por estar lado a lado de Mosley, inclusive, espioná-lo para vender seus segredos à inteligência britânica. Em meio às ações do inimigo de Shelby, McCavern (Brian Gleeson) e os Billy Boys assassinaram Bonnie (Jack Rowan).

De certa maneira encurralado, Tommy uniu os Peaky Blinders e com os Billy Boys, mas com algumas estratégias: isso parecia perfeito para criar conexões entre Mosley e a gangue escocesa. Irritado, Shelby pensou em executar Mosley em um comício, também dando autorização a Aberama (Aidan Gillen) para matar McCavern em vingança pelo assassinato de seu filho. Porém, tudo saiu de controle.

No dia da ação, Barney Thompson (Cosmo Jarvis), encarregado de atirar contra Mosley, foi atingido por um atirador misterioso, enquanto Aberama era esfaqueado. Além disso, Arthur Shelby (Paul Anderson) também tinha sido atacado. Havia algum traidor entre eles? Ainda desconfiando de Michael, Tommy não sabia o que poderia fazer.

(BBC/Reprodução)(BBC/Reprodução)Fonte:  BBC 

Tudo estava desmoronando e ainda havia outros fantasmas e traumas do passado para que Tommy lidasse, incluindo visões de Grace (Annabelle Wallis), sua esposa já falecida, e Alfie Solomon (Tom Hardy), que, mais tarde, provou estar mais vivo do que nunca. Solomon demonstrou estar muito disposto a ajudar Tommy a eliminar Mosley caso fosse bem recompensado.

Como é perceptível, muitas questões foram deixadas pendentes para que a 6ª temporada resolvesse. Portanto, fique ligado e não deixe de assistir!