The Sandman: autor explica por que Tom Ellis não viverá Lúcifer na série

Imagem de: The Sandman: autor explica por que Tom Ellis não viverá Lúcifer na série
Imagem: Netflix

Tom Ellis, protagonista da série Lucifer, que foi concluída em setembro do ano passado, não retornará para viver o homônimo personagem na adaptação de The Sandman, da Netflix. Na nova série da gigante do streaming, o papel ficou com Gwendoline Christie (Game of Thrones).

Como as duas produções são baseadas em obras que compartilham o mesmo universo (nos quadrinhos publicados pela DC Comics, Lucifer Morningstar aparece primeiramente em The Sandman antes de protagonizar suas próprias HQs), fãs têm questionado essa decisão.

Em seu Twitter, Neil Gaiman explicou a escolha dizendo que o Lúcifer de Tom Ellis, ao final de sua série, distanciou-se muito de sua versão encontrada em The Sandman.

Segundo o autor: “como seu Lúcifer [o de Tom Ellis], embora inspirado pelo Lúcifer em Sandman, está muito distante em termos da continuidade de Sandman ao final de Lucifer, é mais fácil para todo mundo voltar à versão dos quadrinhos. E desse jeito você não sabe o que o nosso Lúcifer vai fazer. Tom é adorável”.

Esse assunto já havia sido abordado por Gaiman em 2021, que, na ocasião, explicou que "a teologia e cosmogonia da série Lucifer estão muito longe das de Sandman. [...] Parecia mais fácil e mais divertido ter a versão Sandman de Lúcifer".

Além disso, em outra entrevista, na qual o autor explica sua abordagem para a série da Netflix, Gaiman disse que está adaptando The Sandman para o século XXI, como se estivesse escrevendo a história pela primeira vez agora. Isso significa que a linha do tempo será atualizada, alguns arcos serão revisados e certos aspectos dos personagens serão reimaginados.

The Sandman estreia na Netflix ainda em 2022. Novos detalhes sobre a série serão revelados no evento Netflix Geeked 2022, que ocorre entre os dias 6 e 10 de junho.