Halo: criador do jogo critica série live-action do Paramount+; entenda!

Imagem de: Halo: criador do jogo critica série live-action do Paramount+; entenda!
Imagem: Paramount

Lançada em março deste ano na plataforma de streaming Paramount+, a série Halo, inspirada na franquia de jogos de mesmo nome, dividiu opiniões em relação à qualidade do conteúdo.

Embora a série tenha estabelecido um recorde como a estreia de série mais assistida na história da plataforma, muitas críticas foram feitas quanto à fidelidade da obra em relação aos jogos originais e sobre como a direção da produção mudou o rumo da trama.

Assim, Pablo Schreiber, que interpreta Master Chief, defendeu Halo recentemente e afirmou que o objetivo da série era passar uma experiência diferente e nova para o público.

No entanto, os fãs não concordaram com a afirmação do ator, uma vez que muitos pontos foram alterados dos jogos para a produção, como a decisão de que Master Chief removesse seu capacete no episódio 1.

(Fonte: Paramount/Reprodução)(Fonte: Paramount/Reprodução)Fonte:  Paramount 

Assim como os fãs, o cocriador do jogo, Marcus Lehto, também não ficou muito satisfeito com a produção e afirmou em seu Twitter: “Sim, não tenho certeza de onde vem a inspiração para o show agora. Não é do Halo que eu fiz”, após um fã comentar que a série afasta a história do jogo original.

Com isso, Lehto alimentou ainda mais a discussão sobre a fidelidade da obra e a qualidade final da produção do Paramount+, especialmente se pensarmos que ele tem propriedade para falar sobre as semelhanças e diferenças entre o jogo e a série.

E você, o que achou da temporada de estreia de Halo na plataforma de streaming Paramount+?