Cowboy Bebop: saiba como a série da Netflix fez mudanças em Julia

Imagem de: Cowboy Bebop: saiba como a série da Netflix fez mudanças em Julia
Imagem: Netflix

Um dos live-actions mais aguardados do ano, Cowboy Bebop finalmente estreou e já faz parte das novas séries da Netflix, adaptando um dos animes mais clássicos da história e que fez parte da vida de muitas pessoas.

É fato que adaptar qualquer live-action não é uma tarefa fácil e os fãs vão fazer comparações das séries com as referências originais e isso não seria diferente com Cowboy Bebop, que, entre todas as alterações, fez mudanças bastante significativas na personagem Julia (Elena Satine) e na sua personalidade ao longo da série.

Assim, confira as principais mudanças que a Netflix fez na personagem Julia!

(Fonte: Netflix/Divulgação)(Fonte: Netflix/Divulgação)Fonte:  Netflix 

Julia tem novos rumos no live-action de Cowboy Bebop

Para os fãs do anime original, ver Julia com novos rumos no live-action pode ser bem complicado, já que o par romântico de Spike (John Cho) no anime toma outros caminhos durante a série.

A principal diferença entre o anime e o live-action é a relação de Julia com Vicious (Alex Hassell), que na adaptação são casados, o que nunca ocorreu de fato no show original.

Já a personalidade forte e perigosa de Julia se mantém na série, mas a personagem está ajudando Vicious com o seu plano de dominar o sindicato, o que, no anime original, estaria fora de cogitação de ocorrer.

Além disso, durante o fim da temporada de Cowboy Bebop, a atitude de Julia é bem divergente do que a personagem faria no anime e ela tenta tomar as rédeas do Sindicato de Vicious.

Apesar disso, o momento lendário do anime no qual Julia empurra Spike para fora da capela foi adaptado perfeitamente para o seriado e se manteve icônico na mesma medida.

E você, quais as principais diferenças que notou na personagem em relação ao anime original?