Cowboy Bebop: entenda tudo sobre o universo da série da Netflix

Imagem de: Cowboy Bebop: entenda tudo sobre o universo da série da Netflix
Imagem: Netflix

Lançada pela Netflix em 19 de novembro, a série Cowboy Bebop chamou a atenção dos assinantes justamente por se tratar de uma versão live-action de um anime bastante famoso. Abordando diretamente as aventuras dos protagonistas em busca de recompensas pelo universo, a produção já figura no famoso Top 10 da plataforma.

Se você está curioso para saber tudo sobre Cowboy Bebop, fique atento aos detalhes que abordaremos neste guia da série.

Cowboy Bebop: saiba mais sobre as origens da franquia

O mangá em questão foi criado em 1998 por Hajime Yatate, que apostou todas as fichas em uma trama futurista mesclada com elementos de western e viagens interplanetárias. Composto inicialmente por 26 episódios, o anime, que foi lançado no mesmo ano que o mangá, também está disponível na Netflix e tem personagens muito cativantes.

Abordando a colonização de diversos planetas justamente em 2021, a história se desenvolve depois de 50 anos dessa data. Nesse contexto, caçadores de recompensas são apresentados ao público como protagonistas: Spike Spiegel e Jet Black estão a bordo da Bebop, uma nave espacial capaz de viajar por todo o sistema solar.

Conforme as missões vão sendo concretizadas, a dupla conhece outros personagens e criaturas perdidas pelo espaço que são cruciais para o desenvolvimento da narrativa.

(Netflix/Reprodução)(Fonte: Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Obviamente, todos os planetas explorados são muito diferentes, mostrando uma diversidade cultural e estrutural. Curiosamente, a série live-action também foca essas questões, abrindo um leque de possibilidades, tendo em vista que as mitologias criadas pelos realizadores são, de certa forma, instigantes.

Por se tratar de uma obra do fim dos anos 1990, tudo que é visto em cena remete diretamente ao traço da época. Considerando isso, é notável que o anime clássico consegue prender os espectadores com sua proposta simples, mas repleta de novidades. Ao viajar com todos os personagens por planetas desconhecidos, muitos conflitos são desenvolvidos de um jeito inesperado.

O anime também é cheio de cenas de violência que enriquecem os aspectos mais amplos da trama. Com a mistura de gêneros consolidados, o público foi surpreendido verdadeiramente. E todos esses detalhes também podem ser encontrados no projeto da Netflix.

Conheça o elenco e os personagens de Cowboy Bebop

Entre os personagens principais da produção, há Spike Spiegel (John Cho), um caçador de recompensas cheio de nuances interessantes que é um ótimo lutador. Embora tenha uma mente fechada em alguns momentos, ele tem boas ideias e está disposto a encarar todos os tipos de desafio ao lado de Jet Black (Mustafa Shakir).

(Netflix/Reprodução)(Fonte: Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

A dupla principal tem intérpretes que já participaram de outras séries marcantes. John Cho esteve em The Exorcist (2017) e Difficult People (2017) e deu sua voz ao personagem Vince Chung, de American Dad!. No campo cinematográfico, ele se destacou em participações na franquia Star Trek como Sulu, um dos oficiais da Enterprise.

Já Mustafa Shakir é conhecido por interpretar John McIver na série Luke Cage (2018). Em seu currículo, também é possível encontrar créditos nas séries American Gods (2019), Jett (2019) e The Deuce (2017-2019). Além deles, o elenco de Cowboy Bebop conta com Daniella Pineda como Faye Valentine, Alex Hassell como Vicious e Elena Satine como Julia.

Perguntas importantes sobre o universo da série

Inspirado diretamente pela estética do anime original, o live-action de Cowboy Bebop aposta em elementos futuristas, luzes neon, figurinos chamativos e diálogos repletos de boas sacadas. Com a intenção de referenciar diversos aspectos daquilo que ficou amplamente conhecido entre os fãs, a produção da Netflix conseguiu dar seu toque especial e original a esse universo.

Com muitos perigos e confrontos diretos, há algumas curiosidades sobre esse universo que conseguem ser bastante complexas. Confira algumas delas!

(Netflix/Reprodução)(Fonte: Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Red Dragon Crime Syndicate

Essa organização criminosa tem algumas diferenças entre o anime e a série live-action. Enquanto na obra original a Red Dragon é uma instituição importante que está presente no planeta vermelho, a série da Netflix mostra como Vicious administra o local com uma empresa de fachada. Inclusive, a narrativa sugere que os Anciões, conhecidos por serem os fundadores do grupo, são os grandes responsáveis pela supervisão das ações de todos que atuam em nome do sindicato, além de punir comportamentos indesejados.

Woolong

(Netflix/Reprodução)(Fonte: Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

No universo futurístico, a moeda mais utilizada entre os personagens é woolong, que tem forma física e digital. Servindo como uma ficha para jogos dos mais variados tipos, os caçadores de recompensas espalhados pelas galáxias estão sempre em busca de mais dinheiro. De acordo com a série, a moeda tem pouco valor em comparação ao dólar americano, mostrando como é difícil acumular esse tipo de capital.

Mas e o Planeta Terra?

Ao longo da série, uma dúvida está relacionada à Terra. Contudo, uma conversa entre Faye, Spike e Jet explica o que teria acontecido com o Planeta Água. Depois de sofrer uma explosão, a Terra foi considerada quase inabitável, pois uma chuva ácida acabou destruindo todas as superfícies, obrigando os habitantes a viverem no subsolo ou migrarem para planetas vizinhos.

(Netflix/Reprodução)(Fonte: Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Por conta disso, os caçadores ignoram completamente a existência da Terra, tendo em vista que poucas riquezas podem ser encontradas no local. Tudo aquilo que conhecemos teria se transformado em uma zona de ruínas e desertos.

Com todas essas informações, não deixe de maratonar Cowboy Bebop na Netflix.