Round 6: 7 séries parecidas com a produção sul-coreana da Netflix

Imagem de: Round 6: 7 séries parecidas com a produção sul-coreana da Netflix
Imagem: Netflix/Reprodução

Nos últimos dias, a Netflix lançou a série Round 6 em sua plataforma. Contando com nove episódios emocionantes, a produção distópica provocou intensamente os espectadores com situações absurdas e ao mesmo tempo críticas.

Na narrativa, que faz alusão a diversas brincadeiras típicas de seu país de origem, várias pessoas participam de jogos literalmente mortais para conquistarem uma grande quantidade de dinheiro. Nesse cenário, Gi-Hun (Jung-jae Lee), um homem desempregado que quer dar conforto à sua família é apresentado.

Se você gostou do seriado sul-coreano do streaming, não pode deixar de aproveitar nossa seleção imperdível com outras séries parecidas com Round 6.

Confira!

7. 3%

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

A primeira série brasileira da Netflix abre essa lista de indicações por todas as suas construções ligadas a um novo mundo distópico. Na produção de ficção científica, ao completar vinte anos de idade, os cidadãos geralmente têm a oportunidade de ascender socialmente em um novo lugar. Mas para isso, eles precisam passar por diversas provas que irão desafiar seu físico, sua moralidade e também seu psicológico em vários níveis.

O elenco conta com as participações de Bianca Comparato, Mel Fronckowiak, João Miguel, Rodolfo Valente, Bruno Fagundes, Vaneza Oliveira, Cynthia Senek e Rafael Lozano.

6. Liar Game

(Fuji Television/Reprodução)(Fuji Television/Reprodução)Fonte:  Fuji Television 

Assim como na Coreia do Sul, o Japão também já apresentou diversas produções de grande fôlego para o público, inclusive, capazes de chocar os espectadores e envolvê-los do primeiro ao último episódio. É o caso de Liar Game (Raiagemu, no original), que aborda uma competição sinistra repleta de perigos e conflitos bizarros.

Na trama, a jovem Nao Kanzaki (Erika Toda) é escolhida para participar de um famoso jogo no qual precisa enganar seus adversários de todas as formas possíveis se quiser conquistar as finanças recebidas por cada um deles.

5. The OA

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Cancelada em 2019 pela Netflix, The OA é uma série composta por muito drama, suspense e diversos elementos da ficção científica. A mescla com nuances sobrenaturais também dá o tom da produção, que foi desenvolvida em 2016 pela dupla Brit Marling e Zal Batmanglij.

A narrativa aposta em mistérios ligados a uma jovem chamada Prairie (Brit Marling), que se denomina como a Original Angel (O.A.) e possui cicatrizes em suas costas, justamente onde suas asas teriam sido cortadas. Aos poucos, a personagem vai intrigando os investigadores e formulando diversas questões específicas sobre sua rotina.

4. Black Mirror

(Channel 4/Netflix/Reprodução)(Channel 4/Netflix/Reprodução)Fonte:  Channel 4/Netflix 

Seguindo com a lista, há uma série antológica de grande sucesso, que, segundo seu criador, não poderia retornar durante a pandemia. É bem verdade que Black Mirror é uma produção cheia de situações pesadas e comoventes, além de fazer duras críticas à sociedade e ao desenvolvimento desenfreado da tecnologia.

Os episódios são bastante provocativos e escancaram situações problemáticas dos tempos atuais, mostrando como as pessoas podem agir em diversas situações alarmantes. Talvez, por esse motivo, suas temporadas sejam tão cativantes e instigantes para os espectadores.

3. Sense8

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Criada pelas irmãs Wachowski, Sense8 foi uma das primeiras produções originais da Netflix. Gerando grande sucesso com o público, justamente por conta de seus elementos de ficção científica, a produção foi encerrada após a exibição de duas temporadas, além de especiais que concluíram a trama.

O elenco contou com as participações de Doona Bae, Jamie Clayton, Tina Desai, Tuppence Middleton, Max Riemelt, Miguel Ángel Silvestre, Alfonso Herrera, Brian J. Smith, Toby Onwumere e Aml Ameen, que, com tanta diversidade, apostaram em abordagens únicas para seus personagens.

2. The Society

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

Apesar de ter sido cancelada logo após sua 1ª temporada pela gigante do streaming — que voltou atrás de sua decisão inicial de renovação por conta da pandemia do coronavírus —, The Society conquistou uma base de fãs muito sólida.

A narrativa aborda um grupo de adolescentes que precisa enfrentar diversos desafios para conseguirem retornar à sua normalidade. Após uma viagem para um acampamento, ao chegarem em West Ham, onde residiam, percebiam que estavam em uma cópia do local, onde precisariam superar suas diferenças e compor uma nova sociedade.

1. Alice in Borderland

(Netflix/Reprodução)(Netflix/Reprodução)Fonte:  Netflix 

E para fechar a lista, não poderíamos deixar de recomendar Alice in Borderland. Baseada em um mangá homônimo, escrito e ilustrado por Haro Aso, os episódios estrearam em dezembro de 2020. A expectativa é grande para a 2ª temporada, tendo em vista todas as pontas soltas deixadas pelos roteiristas ao longo dos primeiros episódios.

Lutando por sua sobrevivência, os personagens, que estiveram presos durante um bom tempo em um local insalubre, se vêem jogados em uma competição absurda, na qual precisarão lidar com inúmeros problemas se quiserem escapar com vida.

Fontes