Considerando que Minecraft já ultrapassou a marca de 100 milhões de usuários registrados e conta com aproximadamente 1 milhão de jogadores em média fora do horário de pico, temos que concordar que o game é uma excelente plataforma de publicidade.

Entretanto, a desenvolvedora decidiu pôr um basta nesse assunto. Em um comunicado no site oficial, a Mojang atualizou o Guia de Referências para Uso Comercial para livrar Minecraft de propagandas feitas por empresas.

Fãs podem criar livremente produtos baseados nas marcas

Isso significa que companhias e organizações não podem mais criar mods de Minecraft ou servidores personalizados para promover ou vender um produto. No comunicado, a desenvolvedora deixa claro que os fãs podem criar livremente o que quiserem, contanto que não tenha dinheiro envolvido.

Para exemplificar esse tipo de publicidade, podemos citar dois casos famosos: o celular gigante totalmente funcional da Verizon e o mapa de Tomorrowland recriado pela Disney para divulgar o filme.

Verizon

"Se você é um estúdio de filmes, não pode usar um mapa com blocos de Minecraft para construir o mundo fictício do filme ou seus personagens nem criar um trailer com cenas de gameplay do mapa ou mod", informa um dos trechos do comunicado.

"As novas regras se aplicam apenas a companhias ou organizações que usam Minecraft para vender seus produtos ou promover suas causas. Queremos empoderar nossa comunidade para que façam dinheiro usando sua criatividade", afirmou a Mojang, "mas não ficamos felizes quando a venda de um produto não relacionado se torna o motivo da criação de um mod ou servidor de Minecraft".

Cupons de desconto TecMundo: