A patente de um “dispositivo computacional modular” que permite a substituição dos seus respectivos componentes de hardware foi registrada pela Microsoft, informou o Venture Beat. O documento foi endereçado em julho de 2015, mas veio a público no último dia 11. Especula-se que Panos Panay, vice-presidente corporativo da empresa, é o responsável por encabeçar o novo projeto – vale lembrar que o executivo demonstrou, em outubro, o Surface Book, o Surface Pro 4 e também o Display Dock.

“Nesse sentido, o dispositivo computacional pode ser alterado e modificado de forma segura por um usuário de modo intuitivo sem necessidade de conhecimentos detalhados de hardware”, diz o texto do registro. Hoje, uma das iniciativas mais populares relacionadas à implementação da tecnologia modular é o Project Ara, da Google (saiba mais sobre os celulares customizáveis nesta página).

A empresa fundada por Bill Gates tem se esforçado no sentido de popularizar os aparelhos Surface; a patente divulgada, assim, sugere a chegada de outro aparelho para a linha de computadores móveis. Também conforme aponta o VB, Tim Escolin, designer sênior do time de dispositivos e acessórios Surface, é um dos autores da patente, o que deixa os rumores sobre o eventual anúncio ainda mais incandescentes.

Outro indício deixado pela Microsoft acerca de seu interesse sobre aparelhos modulares foi o lançamento do controle Xbox One Elite em parceria com a Scuf Computing. Durante a CES 2014, ainda, a companhia auxiliou a Razer na divulgação de um conceito de computador modular, o Project Chistine (ainda não disponível) – a Acer, vale mencionar, implementou a ideia de substituição de componentes em setembro com o lançamento do Revo Build Mini PC (US$ 225, ou cerca de R$ 900).

...

Quais seriam as configurações ideiais para um notebook gamer? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: