Com Google e Apple aprimorando as interfaces gráficas de seus sistemas operacionais a partir do aspecto visual, a Microsoft parece estar a fim de seguir em uma nova direção. Em 2013, a empresa registrou uma patente nos EUA para uma interface que funcionaria a partir de “cubos 3D”, na qual cada face do tal cubo traria janelas e telas-cheias. Agora, em 2015, a criadora do Windows registrou uma complementação para essa patente, dando a entender que as coisas estão evoluindo.

A empresa inseriu uma atualização na patente para detalhar melhor o funcionamento desses cubos, incluindo os “sub-cubos”. Todos esses elementos poderiam ser “girados” pelo usuário em uma interface com ou sem sensibilidade ao toque, e a vantagem seria mostrar mais informação de forma praticamente simultânea sem que o usuário precise trocar de tela a todo momento.

Essa última atualização foi registrada pela Microsoft em maio deste ano, sendo que as primeiras notícias sobre tal patente começaram a aparecer na web no fim de 2013. Não se sabe, entretanto, em que estágio estaria o trabalho da companhia em tal interface, mas é de se supor que esteja avançado. De outra forma, uma atualização da patente não teria sido feita.

Além desses esquemas mostrados nas patentes, não há qualquer imagem a respeito dessa interface, o que nos deixa muito curiosos. Será que a Microsoft vai transformar as atuais live tiles em cubos? Ou será que vai criar algo completamente diferente em alguma versão futura do Windows?

Cupons de desconto TecMundo: