O novo chefe executivo da Microsoft, Satya Nadella, tem levado a empresa para uma grande reformulação. A criadora do Windows tem crescido sistematicamente em quase todas as áreas em que atua, e, desde que ele assumiu a cadeira de CEO, as ações da companhia subiram cerca de 42% até recentemente. Por conta desse resultado todo, ele recebeu da Microsoft US$ 84,3 milhões durante 2014, o equivalente a R$ 260,1 milhões na cotação atual.

Com isso, entre os CEOs que estão há cerca de um ano no cargo, ele é o mais bem pago do mundo. Ainda assim, os pagamentos a Nadella não foram especificados, com detalhes dos valores que realmente correspondem a salários, participação em lucros, bônus e dividendos de ações. Contudo, a quantia é realmente impressionante.

Mesmo fora da categoria “novos CEOs”, Nadella mostrou um ótimo resultado geral. Ele foi o segundo CEO mais bem pago do mundo, ficando atrás apenas de Michael Fries, chefe executivo da Liberty Global, que recebeu US$ 112,2 milhões (R$ 349,12 milhões).

Dividendos

O Wall Street Journal, que realizou a pesquisa sobre os CEOs mais bem pagos do mundo, ainda comenta que a Microsoft pagou em dividendos para seus acionistas 24,3% dos lucros do ano, o que é uma quantia bastante interessante. Só para título de comparação, a Google pagou apenas 5,4%. A Apple, por sua vez, marcou 49,4%.

Em contraste com essas taxas de dividendos, Tim Cook, da Maçã, recebeu US$ 9,3 milhões (R$ 29 milhões) e Larry Page, da Gigante das Buscas, apenas US$ 1 (R$ 3,1). Page tem um acordo com a empresa para receber somente isso anualmente. O segundo "novo CEO" mais bem pago do mundo é Steven Mollenkopf, da Qualcomm, que recebeu US$ 60,7 milhões (R$ 189 milhões).

Cupons de desconto TecMundo: