A Microsoft divulgou o seu novo modelo de assinatura mensal para o Office 365, que pode ser adquirido por qualquer pessoa que utiliza as versões de iPad de suas principais ferramentas, como Word, Excel e PowerPoint. A assinatura é válida tanto para a versão portátil da suíte de trabalho como para os programas de PC.

A estratégia de assinatura mensal facilitou a vida dos usuários que não queriam desembolsar US$ 99,99 (cerca de R$ 209 na conversão atual) de uma só vez pelo plano anual. Agora, o consumidor pode escolher entre dois modelos: o Office 365 Personal, que custa US$ 6,99, e o Office 365 Home, que vai tirar US$ 9,99 do seu bolso todos os meses.

No caso do pacote Office 365 Home, você pode instalar o Word, Excel, PowerPoint, Outlook e OneNote em até 10 dispositivos diferentes, sendo cinco PCs ou Macs e outros cinco gadgets móveis, como iPads e tablets com Windows. Na versão mais simples, você só poderá sincronizar duas plataformas com a suíte de trabalho, sendo um PC ou Mac e um aparelho móvel.

Na versão "Free" de iPad nada muda, ou seja, você só pode visualizar os arquivos nos softwares, mas não editá-los. Além do mais, na versão gratuita para o tablet da Apple não é possível criar novos documentos sem uma assinatura. A biblioteca de aplicativos é gratuita e você pode baixá-los neste exato momento clicando aqui.

Cupons de desconto TecMundo: