Gates e Ballmer: papéis invertidos com novo CEO. (Fonte da imagem: Reprodução/Cringely)

O tão esperado anúncio de quem será o próximo CEO da Microsoft pode reestruturar a companhia bem mais do que se imagina. Segundo o site Recode, que teria recebido "uma série de ligações" de fontes importantes, Steve Ballmer e Bill Gates serão bastante atingidos pela nova escolha.

A situação de Ballmer é mais fácil de ser verdade: de acordo com a publicação, além de aposentar-se como CEO, o executivo sairia também do quadro de diretores da Microsoft, cargo que seria mantido, especialmente se as ideias dele e as do novo comandante divergirem demais.

A escolha já teria sido feita pelos conselheiros da Microsoft, mas o anúncio deve ficar apenas para o final deste mês ou o início de fevereiro.

A volta de Bill Gates

Com essa saída, o espaço de "executivo experiente com poder de tomar decisões" seria ocupado por ninguém menos que Bill Gates, cofundador da empresa e presidente durante vários anos. Atualmente apenas parte do conselho e dono de aproximadamente 4% da empresa, ele teria bem mais visibilidade e um papel ativo na equipe – a não ser que o novo CEO escolha o contrário, claro.

Sem ser um trabalho diário, a tarefa dele seria usar sua influência na indústria em eventos do Vale do Silício e aconselhar e garantir um ânimo a mais para os funcionários, que encontrariam uma das lendas da tecnologia caminhando pelo campus.

Cupons de desconto TecMundo: