(Fonte da imagem: iStock)

Independente de qual seja a largura de banda da sua conexão, há muitos momentos em que a navegação não parece fluir da maneira que você deseja. Isso não acontece por razões místicas, mas sim por conflitos ou limitações de protocolos de internet. Ainda hoje, a grande maioria dos navegadores e sites da internet utiliza o HTTP (Hypertext Transfer Protocol), criado em 1990.

A Googlehavia anunciado o protocolo SPDY (Speedy), que em fase experimental já permite muito mais rapidez no carregamento de páginas – utilizando encriptações e multiplexações para isso. Agora, a Microsoft também está querendo criar um novo protocolo para melhores resultados na web. Trata-se do HTTP Speed+Mobility, que promete muito mais do que rapidez na navegação.

HTTP Speed+Mobility

Conforme relatado pelo WebMonkey, o grande foco do novo protocolo da Microsoft seria acelerar não apenas os sites carregados em navegadores, mas todos os apps baseados em servidores web. Com isso, toda a internet poderia ser acelerada. Pelo menos é o que afirmou Jean Paoli, gerente geral de interoperabilidade da Microsoft.

Com esforços reais para a criação de um novo protocolo, agora a Microsoft precisa do apoio da IETF (Internet Engineering Task Force) para conseguir colocar em prática seus planos de criar um HTTP 2.0. A empresa precisa saber que vai competir contra a Google, que deseja implementar os padrões SPDY em vários sites (como já fez com aguns de seus serviços) e navegadores (algo que já acontece com Chrome  e Firefox).

Cupons de desconto TecMundo: