Conforme havia alertado em novembro do ano passado, a Microsoft encerrou nesta terça-feira (7) o funcionamento dos serviços e do site oficial do Photosynth. Segundo a companhia, algumas das partes-chaves do sistema continuam vivas na forma de códigos que foram incorporados a outros de seus produtos.

Durante os últimos meses, o Photosynth já operava de forma limitada e a empresa só o mantinha no ar para dar a seus usuários a oportunidade de recuperar seus panoramas e outros trabalhos. A partir de hoje, a companhia não se responsabiliza mais por manter em seus servidores quaisquer dados inseridos no sistema.

“Revisamos constantemente nosso portfólio de produtos e avaliamos o nível de uso e as respostas dos consumidores para ajustar nossas áreas de investimento baseado na maneira como eles são usados”, afirmou a empresa em um comunicado oficial. “Entendemos que experiências de fotografia inovadoras são importantes e estamos comprometidos a desenvolver esforços em experiências que significam muito para nossos consumidores”.

Cupons de desconto TecMundo: