Depois de uma aquisição um tanto quanto desastrosa, que rendeu prejuízos substanciais aos cofres da empresa ao longo dos últimos anos, o futuro da divisão de dispositivos mobile da Nokia dentro da Microsoft era, no mínimo, incerto. Com isso, muita gente esperava que o próximo lançamento da companhia nesse setor fosse o aguardado – e misterioso – Surface Phone, certo? Bem, a turma de Satya Nadella resolveu surpreender todo mundo e lançar um novo aparelho com o selo finlandês: o Nokia 216, um feature phone extremamente básico.

Enquanto o mercado e os consumidores torciam para ver um smartphone top de linha que colocasse a Microsoft novamente na disputa pelo bolso dos aficionados pelos telefones inteligentes, a dona do Windows preferiu apostar em um segmento que, surpreendentemente, ainda atrai clientes e rende ótimos lucros. Por enquanto, o celular – e sua versão Dual SIM – será exclusivo do mercado indiano, trazendo um display QVGA de 2,4 polegadas, teclado físico e uma bateria que pode durar até 24 dias em standby. O preço? Apenas US$ 37 (R$ 121).

Especificações técnicas

  • Tela: LCD de 2,4 polegadas
  • Resolução de tela: QVGA (320x240 pixels)
  • Sistema operacional: Series 30+
  • Armazenamento interno: 16 MB
  • Armazenamento externo: cartões micro SD de até 32 GB
  • Câmera traseira: 0,3 MP
  • Câmera frontal: 0,3 MP
  • Conectividade: 2,5G, Bluetooth 3.0, porta micro USB 1.1
  • Recursos exclusivos: teclado físico, rádio FM, flash LED traseiro e frontal
  • Bateria: 1.020 mAh
  • Peso: 82,6 g
  • Dimensões: 50,2 mm de largura x 118 mm de altura x 13,5 mm de espessura

Curtiu o visual estiloso do Nokia 216?

Embora o gadget tenha apenas 16 MB de espaço, a dupla de câmeras provavelmente vai impedir que você lote esse espaço rapidamente – uma situação que pode ser resolvida com a adição de um cartão micro SD ao kit. Apesar das configurações modestas, o dispositivo ainda tem seu charme, seja pelo design oldschool ou por recursos extras. O produto acompanha o Opera Mini para suas necessidades de navegação, por exemplo, além de trazer flashes LED frontais e traseiros. Ah, não se preocupe: a entrada para fones de ouvido está garantida!

Mesmo que esse seja um nicho lucrativo e popular – assim como o dos celulares com flip em alguns países asiáticos –, esse pode ser um dos últimos feature phones da Microsoft. Isso porque a ideia é que, até o final deste ano, toda a operação seja vendida para a FIH Mobile – uma subsidiária da Foxconn – por cerca de US$ 350 milhões (pouco mais de R$ 1,1 bilhão). Enquanto essa transação não é finalizada – e toda a bagunça envolvendo Lumias e Windows Phones não se resolve –, podemos ter outras surpresas como essa nos próximos meses.

Cupons de desconto TecMundo: