(Fonte da imagem: Divulgação/Microsoft)

Na última segunda-feira (18), a Microsoft revelou dois tablets que foram batizados de Surface. Quem acompanha as notícias da empresa, entretanto, deve ter estranhado: na IFA 2011, a mesma empresa mostrava um painel LCD sensível a toque que leva o mesmo nome do mais novo concorrente do iPad.

Essa confusão toda é fácil de ser explicada: primeiro veio o Surface 2.0, que é a interface utilizada no SUR40, o tal painel da Samsung que pode virar uma mesa sensível a toque e que sai por mais de US$ 10 mil.

O problema é que os tablets da Microsoft ficaram prontos e precisavam de um nome – e o Surface se mostrou o mais indicado. O que a empresa fez? “Roubou” o nome da tecnologia menos conhecida, colocou no aparelho mais recente e rebatizou o produto antigo para PixelSense.

No site do Microsoft Surface, que já apresenta informações completas dos dois tablets, há até um pequeno redirecionador que leva o cliente desinformado para o PixelSense. Apesar do empréstimo do nome, a empresa não divulgou se há semelhanças ou integrações entre os dois aparelhos.

Fonte: TechCrunch

Cupons de desconto TecMundo: