(Fonte da imagem: Reprodução/Businessweek)

A Apple é uma empresa que desenvolve produtos, mas não fabrica nenhum deles — pelo menos até o momento. A maior parte dos itens da empresa vem da China, através de montadoras terceirizadas.

Porém, em uma entrevista recente ao Boomberg Businessweek, o CEO da companhia, Tim Cook, afirmou que a Maçã deve criar linhas de produção dentro dos Estados Unidos: “No próximo ano, nós vamos trazer algumas produções de Mac para os Estados Unidos. Nós já estamos trabalhando nisso há muito tempo e estamos muito próximos de conseguir isso. Vai acontecer em 2013 e estamos muito orgulhosos de tudo”.

“Nós poderíamos trazer só a montagem pra cá, mas queríamos desenvolver algo mais substancial. Então, literalmente, nós vamos investir US$ 100 milhões. Isso não significa que faremos tudo sozinhos, mas estaremos trabalhando com outras pessoas e investindo o nosso dinheiro”, disse.

Falta mão de obra especializada nos Estados Unidos

Em outra entrevista para a NBC News, o executivo disse que o problema principal para mudar as linhas de produção para os Estados Unidos não é necessariamente o preço. Segundo Tim Cook, falta especialização: “O sistema educacional americano não está preparado para dar às pessoas a especialização necessária para os modernos processos de fabricação”.

Contudo, ele acredita que o projeto Mac vai ajudar a mudar isso: “Eu não acho que nós temos a responsabilidade de criar um tipo de trabalho, mas acho que nós temos a responsabilidade de criar empregos”.

Tim Cook também lembrou que outros componentes utilizados pela Apple, como alguns processadores e o Gorilla Glass, já são fabricados em solo americano.

É importante lembrar que, recentemente, a Foxconn confirmou as suas intenções de ampliar as suas instalações dentro dos Estados Unidos. Seria essa a parceira comercial a receber os investimentos da Apple? Em breve saberemos.

Cupons de desconto TecMundo: