Rússia aumenta multas para empresas sem escritório no país

1 min de leitura
Imagem de: Rússia aumenta multas para empresas sem escritório no país
Imagem: Maxim Shemetov (Reuters)

Autoridades da Rússia aprovaram nessa semana a aplicação de penalidades e multas mais elevadas para empresas estrangerias de internet que não abrirem um escritório no território do país.

A lei russa manda que empresas atuando via internet devem ter uma filial no território nacional, como parte das medidas regulatórias de suas autoridades de comunicação. Desde julho do ano passado, a medida se aplicava a gigantes com mais de 500 mil usuários diários, como Google e Meta.

Agora, ainda mais empresas serão afetadas pelas medidas mais restritas, que chegam em momento de conflito e críticas contra a Rússia, devido à sua invasão corrente no território da Ucrânia. As multas para companhias estrangeiras de internet que não aceitarem abrir um escritório na Rússia podem ir de 10% a 20% da renda que a empresa teve no território no ano anterior.

Algumas empresas aceitam, outras não

O site oficial do Roskomnadzor, o órgão regulatório de telecomunicações da Rússia, listou no ano passado 13 empresas que devem obedecer as determinações até o fim de 2022.

Destacando alguns exemplos da lista, Apple, Rakuten e Spotify obedeceram completamente as regras, enquanto Google e Twitter aparecem como obedecendo "parcialmente" - ainda falta estabelecerem um escritório no país. Amazon, Discord e Telegram não mostraram sinais de aceitar e o Spotify neste ano retrocedeu, fechando seu escritório na Rússia depois do início da guerra na Ucrânia.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes

Você sabia que o TecMundo está no Facebook, Instagram, Telegram, TikTok, Twitter e no Whatsapp? Siga-nos por lá.