Elon Musk é processado por 'esquema de pirâmide' com Dogecoin

1 min de leitura
Imagem de: Elon Musk é processado por 'esquema de pirâmide' com Dogecoin
Imagem: Wikimedia Commons

Um investidor americano que alega ter sido enganado por um suposto esquema de pirâmide com a criptomoeda Dogecoin está processando Elon Musk e as empresas Tesla e SpaceX, conforme noticiou a Reuters nessa quinta-feira (16). O autor da ação pede indenização que pode chegar a US$ 258 bilhões, o equivalente a R$ 1,3 trilhão pela cotação de hoje.

No processo apresentado ao tribunal de Manhattan, em Nova York (Estados Unidos), na terça-feira (14), o autor Keith Johnson acusa Musk e as suas duas organizações de extorsão. Na visão dele, o bilionário fez propaganda para a Dogecoin com o objetivo de valorizar o criptoativo e depois deixar o seu preço cair.

“Os réus estavam cientes desde 2019 de que a Dogecoin não tinha valor, mas promoviam a Dogecoin para lucrar com sua negociação. Musk usou seu pedestal como o homem mais rico do mundo para operar e manipular o esquema da pirâmide Dogecoin para lucro, exposição e diversão”, acusou Johnson, que representa outras pessoas enganadas pela suposta fraude.

A criptomoeda Dogecoin teve uma alta valorização após a promoção feita por Elon Musk.A criptomoeda Dogecoin teve uma alta valorização após a promoção feita por Elon Musk.Fonte:  Shutterstock 

Embora tenha começado como uma brincadeira, a criptomoeda surgida em 2013 ganhou um grande destaque após os tweets feitos pelo CEO da Tesla e as suas empresas, atingindo o auge no ano passado. No momento, ela é negociada por apenas R$ 0,29.

Sem propagandas para a criptomoeda

Johnson, que afirma ter perdido “muito dinheiro” ao investir no criptoativo, fez outros pedidos na ação, além da indenização. Um deles é para que a justiça americana proíba Musk, a montadora de carros elétricos e a empresa especializada no segmento aeroespacial de promover Dogecoin.

Além disso, o autor pediu ao tribunal que enquadre os comentários do bilionário em relação ao token como jogo de azar sob a lei federal dos EUA e de Nova York. Quanto à indenização, ele pede US$ 86 bilhões em danos, que representam o declínio da moeda digital desde maio do ano passado, mas quer triplicar o valor.

Musk, a Tesla e a SpaceX ainda não se pronunciaram sobre o processo recém-iniciado.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes