Google e RME capacitam milhares de brasileiras durante a pandemia

1 min de leitura
Imagem de: Google e RME capacitam milhares de brasileiras durante a pandemia
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

Em parceria com o Google, a Rede Mulher Empreendedora (RME) já capacitou mais de 200 mil brasileiras desde 2019 por meio de iniciativas focadas nos grupos mais vulneráveis. Os projetos objetivam minimizar o impacto econômico sobre o público feminino, o mais atingido pela pandemia do novo coronavírus.

Um dos programas disponibilizados é o “Potência Feminina”, de abrangência nacional, que apoia negócios chefiados por mulheres. Patrocinada pelo Google.org, braço filantrópico da gigante de Mountain View, a iniciativa é dividida em três trilhas de conhecimento: empreendedorismo, empregabilidade e tecnologia.

Até o momento, mais de 35 mil empreendedoras foram certificadas no projeto que inclui ainda as etapas de capital semente e aceleração, alcançando 735 empresas no total, segundo a RME. Além das salas equipadas com computadores, o programa oferece ajuda de custo para despesas e manutenção dos espaços em várias regiões do país.

Os treinamentos gratuitos são oferecidos em várias regiões do Brasil.Os treinamentos gratuitos são oferecidos em várias regiões do Brasil.Fonte:  Google/Divulgação 

Outro destaque é o “Ela Pode”, que tem como finalidade recuperar a autoestima das mulheres. Para tanto, são disponibilizadas diferentes opções de capacitações, focadas em habilidades como liderança, educação financeira, letramento digital, negociação e oratória, fundamentais para quem quer ingressar no mundo dos negócios.

Cresça com o Google

A parceria entre Google e RME também se faz presente no projeto “Cresça com o Google”, que contou com cinco edições exclusivas para o público feminino realizadas ao longo de 2021, incluindo uma dedicada às mulheres negras. Retorno ao mercado de trabalho, tecnologia e desenvolvimento de carreira foram alguns dos temas tratados nos encontros.

O programa de treinamento e capacitação, que aborda o desenvolvimento de habilidades de marketing digital e de negócios, teve mais de 70 mil alunas no ano. As participantes acompanharam palestras sobre autoestima, criatividade, desenvolvimento de marca, trabalho remoto e networking.

Os conteúdos de todas as edições seguem abertos ao público, podendo ser acessados no site da iniciativa, gratuitamente.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes