Nubank: após período de queda, ação da fintech volta aos US$ 9,00

1 min de leitura
Imagem de: Nubank: após período de queda, ação da fintech volta aos US$ 9,00
Imagem: Nubank
Avatar do autor

O Nubank estreou oficialmente na bolsa de valores, tanto nos Estados Unidos quanto no Brasil, em 9 de dezembro de 2021. As ações da fintech entraram no mercado com valor de US$ 9,00 na NYSE e de R$ 8,36 na B3. Após uma alta de 10% logo na estreia, atingindo US$ 11,86, a empresa passou por duas semanas de baixa, com uma queda de 9,18% no seu valor.

A preocupação mundial com a variante ômicron, do covid-19, e a possibilidade de novos fechamentos, o mercado internacional sofreu quedas bruscas nesta segunda-feira (20). Os papéis do Nubank chegaram a ser negociados a US$ 8,90, a primeira vez em que o valor da ação estava abaixo do preço da oferta pública de ações (IPO), de US$ 9,00.

Voltando ao patamar da IPO

(Fonte: Nubank/Reprodução)(Fonte: Nubank/Reprodução)Fonte:  Nubank 

Nesta terça-feira (21), porém, o Nubank conseguiu voltar ao patamar da IPO, fechando o dia com US$ 9,23 na NYSE e alcançando os R$ 8,70 na B3 — um aumento de 4%. Ainda não é possível identificar se o movimento é de uma tendência de alta ou se a empresa ainda passará por dificuldades em manter a base dos US$ 9,00.

Nubank começa a vender ações no Brasil — veja preço dos BDRs;

Apesar da queda, a estreia na bolsa de valores levou o Nubank a ultrapassar o Itaú Unibanco e se tornar o banco mais valioso da América Latina, com valor de US$ 41,5 bilhões — cerca de R$ 230 bilhões.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.