Motorola e Samsung disputam setor de celulares da América Latina

1 min de leitura
Imagem de: Motorola e Samsung disputam setor de celulares da América Latina
Imagem: Shutterstock
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

O mercado de smartphones da América Latina segue com duas marcas disparadas na liderança, mas apresenta também uma empresa em crescimento e vários obstáculos que atingem todo o setor. Esses são alguns dos apontamentos da Counterpoint Research, que divulgou um estudo sobre o desempenho do setor na região durante o terceiro trimestre de 2021.

De acordo com o relatório, o mercado melhorou 0,7% em relação ao mesmo período do ano passado e 3,1% em relação ao trimestre anterior de 2021.

O crescimento até poderia ser maior, porém alguns fatores externos reduziram as vendas e a fabricação em volume — seja o fechamento temporário de fábricas por causa da covid-19 ou, especialmente neste período, a escassez de chips que afeta toda a indústria e ainda deve durar ao menos todo o ano que vem.

Como está o mercado?

Como mostra o gráfico do estudo, a Samsung ainda é a líder na América Latina, principalmente por bom desempenho em regiões como Brasil, Argentina e México.

O gráfico que compara o desempenho em 2020 (cores claras) e 2021 (escuras).O gráfico que compara o desempenho em 2020 (cores claras) e 2021 (escuras).Fonte:  Counterpoint Research 

A Motorola apresentou um crescimento importante para se distanciar da Xiaomi, que dobrou a presença em relação ao ano passado e mira a vice-liderança em vários países, apesar do pouco tempo de presença na região.

Outras empresas que se destacam são vivo, ZTE e Oppo — estas duas últimas com uma fatia de mercado maior que a Apple na América Latina, mesmo sem representação oficial em um mercado volumoso como o brasileiro.

Já a lista "Outros" é formada principalmente por fabricantes nacionais e de menor porte, sendo a mais impactada pela crise dos semicondutores.

O estudo completo pode ser visto na página da Counterpoint Research.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.