iPhone lidera buscas no 'Esquenta Black Friday'

1 min de leitura
Imagem de: iPhone lidera buscas no 'Esquenta Black Friday'
Imagem: Unsplash
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

O iPhone liderou as buscas no comércio eletrônico durante a primeira semana de novembro, que marcou a abertura oficial da temporada 2021 da Black Friday. É o que aponta uma pesquisa realizada pelo Radar Simplex, divulgada nesta quinta-feira (11).

Conforme o levantamento feito pela plataforma entre os dias 31 de outubro e 6 de novembro, o celular da Apple foi um dos termos campeões de buscas, junto com pneus, bebidas no atacado, testes de antígeno e cadeira de escritório. O estudo leva em conta as buscas nas seis milhões de páginas de e-commerce monitoradas pela empresa.

A pesquisa revelou ainda que o total de cliques referentes ao termo iPhone foi dez vezes maior do que a procura por outras expressões comuns ao período, como "celulares em promoção". De acordo com o sócio-fundador da Simplex, João Lee, isso demonstra a "dimensão da força da marca", referindo-se ao celular da Apple.

O iPhone 13 é a versão mais recente do celular da Apple.O iPhone 13 é a versão mais recente do celular da Apple.Fonte:  Apple/Divulgação 

Lançado em setembro, o iPhone 13 é o carro-chefe da marca para esta edição da Black Friday, que acontece no próximo dia 26, a última sexta-feira de novembro. Além da versão mais recente e suas variantes, modelos mais antigos costumam ter grande procura durante a data de ofertas, como o iPhone SE.

Crescem as buscas por “Esquenta Black Friday”

Os dados divulgados pelo Radar Simplex mostram ainda que as buscas pela expressão "Black Friday", entre o final de outubro e o início de novembro, estão bem abaixo do registrado em 2020. Elas representam apenas 21% do pico de pesquisas na mesma época do ano passado.

Por outro lado, as pesquisas em relação ao termo "Esquenta Black Friday", que se refere ao início do mês de novembro, quando ocorrem algumas promoções antecipadas, seguiram um caminho oposto. Elas estão 85% maiores que o pico de buscas pelo assunto em 2020.

Segundo Lee, isso indica uma mudança de postura do comércio, que adotou a expressão com o objetivo de antecipar as vendas, não mais concentrando as ofertas perto da sexta-feira de promoções. "É um aprendizado importante do varejo online, pois evita sites tão sobrecarregados em 26 de novembro e as consequentes perdas de vendas", explicou.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.