GitHub troca de CEO três anos após aquisição pela Microsoft

1 min de leitura
Imagem de: GitHub troca de CEO três anos após aquisição pela Microsoft
Imagem: Github
Avatar do autor

O repositório de códigos de desenvolvimento GitHub tem um novo gerente executivo. Depois de três anos no cargo, Nat Friedman anunciou nesta quarta-feira (3) que vai sair do cargo, com a medida já valendo a partir de 15 de novembro de 2021.

A decisão foi tomada pelo próprio Friedman, que decidiu voltar para as "raízes de startup" na carreira. Como explicou em sua carta de despedida no blog da plataforma, ele agora vai atuar como consultor, conselheiro e investidor em pequenas empresas.

Apesar de permanecer independente, o GitHub foi comprado pela Microsoft em 2018 por US$ 7,5 bilhões, quando o agora ex-gestor assumiu o cargo. Ele estava na Microsoft desde 2016, quando a empresa que ele cofundou, a Xamarin, também foi adquirida pela gigante.

Mudanças

O novo CEO será Thomas Dohmke, que atualmente ocupa o cargo de gerente de produto na plataforma.

O executivo também terá uma nova chefe: Julia Liuson, que foi promovida para presidente da recém-criada "divisão de desenvolvimento" da Microsoft — anteriormente, o GitHub fazia parte de um grande setor que abrigava todos os negócios de Cloud e IA.

Domke, o novo CEO do GitHub.Domke, o novo CEO do GitHub.Fonte:  Xamarin 

Apesar de deixar a posição de CEO, Nat Friedman não vai se despedir do GitHub. O executivo vai se tornar membro emérito do conselho e continuará participando de decisões e discussões quando necessário.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes