El Salvador aproveita queda do Bitcoin e compra mais moedas

1 min de leitura
Imagem de: El Salvador aproveita queda do Bitcoin e compra mais moedas
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

O Bitcoin enfrenta uma correção de quase 14% desde a última quinta-feira (21), quando atingiu seu novo topo histórico nos US$ 67 mil — cerca de R$ 378 mil, em conversão direta. O momento, apesar parecer assustador para a maioria dos investidores inexperientes, soou como uma "promoção" para El Salvador, que adicionou mais 420 moedas aos seus cofres — ou melhor, carteiras digitais.

Conforme anuncia o tweet de Nayib Bukele, atual presidente de El Salvador, o país prevê lucro para os próximos meses. Segundo o chefe de estado, os fundos federais reservam valores tanto em dólar americano quanto em Bitcoin, garantindo à liberdade para realizar operações quando um dos ativos se desvaloriza em relação ao outro.

Embora Bukele não detalhe o preço médio de seus investimentos em Bitcoin, é possível supor uma estimativa próxima aos US$ 59 mil, cerca de R$ 333 mil, sendo o piso mais baixo registrado pelo ativo digital em duas semanas. Com a compra, El Salvador detêm um total de 1.120 moedas, que atualmente equivalem a US$ 68,1 milhões.

Todavia, as operações entre os dois ativos não são a única forma de aumentar o patrimônio em bitcoins de El Salvador. Desde que tornou a criptomoeda em uma moeda de curso legal, o país investe em fazendas de mineração limpa, que utilizam energia gerada por vulcões para produzir novos satoshis — como são chamados os centavos de Bitcoin.

Imagem: Curso Investindo em Bitcoin
Imagem: Tecmundo Recomenda

Curso Investindo em Bitcoin

O curso investindo em Bitcoin foi feito para atender a demanda de investidores iniciantes em criptomoedas. Nele você vai aprender tudo que precisa para investir em Bitcoin de forma segura e prática.


News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.