Facebook deve abortar a carteira Novi, pedem senadores dos EUA

1 min de leitura
Imagem de: Facebook deve abortar a carteira Novi, pedem senadores dos EUA
Imagem: Novi/Reprodução
Avatar do autor

O Facebook mal anunciou o lançamento de um projeto de carteira de criptomoeada e os legisladores dos Estados Unidos já reagiram mal à iniciativa. A Novi foi anunciada nesta terça-feira (19) e, horas depois, um grupo de senadores democratas enviaram uma carta para Mark Zuckerberg pedindo a suspensão do projeto.

“Não se pode confiar no Facebook para gerenciar um sistema de pagamento”, afirmam os congressistas. Os planos de uma infraestrutura de pagamentos da plataforma são incompatíveis com o cenário regulatório financeiro real, argumentam os senadores Brian Schatz, Sherrod Brown, Elizabeth Warren, signatários do documento.

Por enquanto, a carteira Novi do Facebook não terá uma moeda própria, mas permitirá o envio e o recebimento de dinheiro sem taxas da stablecoin Paxos, custodiada pela Coinbase. Mas David Marcus, chefe da Facebook Financial, disse que a empresa ainda planeja lançar a carteira e a moeda "assim que receber a aprovação regulatória e entrar no ar".

Falta de confiança no Facebook

Projeto piloto está sendo realizado nos Estados Unidos e na Guatemala. (Fonte: Novi/Reprodução)Projeto piloto está sendo realizado nos Estados Unidos e na Guatemala. (Fonte: Novi/Reprodução)Fonte:  Novi/Reprodução 

Em 2019, Zuckerberg foi convocado para a Câmara e o Senado para explicar o projeto Libra. A audiência aconteceu apenas um ano após o escândalo Cambridge Analytica, e os congressistas questionaram a credibilidade da empresa. A moeda Libra foi abadonada, mas reapareceu depois rebatizada como Diem.

Na carta, os senadores expressaram as mesmas preocupações. “Pedimos que interrompa imediatamente o seu piloto Novi e se comprometa a não lançar Diem no mercado”, solicitam os congressistas.

No início de outubro, os danos causados pelo Facebook foram tema de uma audiência no Comitê de Comércio do Senado. Os senadores ouviram o testemunho de Francis Haugen, que vazou dezenas de documentos internos da rede social, e planejam propostas legislativas para regular a empresa.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.