Apple investe US$ 30 milhões em iniciativas de igualdade racial

1 min de leitura
Imagem de: Apple investe US$ 30 milhões em iniciativas de igualdade racial
Imagem: Apple/Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Apple anunciou, nesta terça-feira (31), um investimento de US$ 30 milhões em iniciativas para a promoção de igualdade racial nos Estados Unidos. Os recursos serão aplicados em um Centro de Inovação de Ações da Instituição Global Hispânica (HSI) e em faculdades e universidades comunitárias historicamente frequentadas por negros.

A companhia quer ajudar a descontruir a desigualdade e o racismo institucional. “A chamada para construir um mundo mais justo e equitativo é urgente e, na Apple, sentimos a responsabilidade coletiva de ajudar a impulsionar o progresso”, afirma Tim Cook, CEO da empresa.

Esse novo compromisso faz parte de um investimento inicial de US$ 100 milhões, anunciado pela big tech para ações relacionadas a Iniciativa de Justiça e Igualdade Social (REJI), que visa impulsionar ações no cenário acadêmico e na defesa de direitos de minorias.

Instituições beneficiadas

Universidade Estadual da Califórnia sediará Hub Global para ações destinadas a jovens hispânicos. (Fonte: CSUN/Reprodução)Universidade Estadual da Califórnia sediará Hub Global para ações destinadas a jovens hispânicos. (Fonte: CSUN/Reprodução)Fonte:  CSUN/Reprodução 

Entre as principais instituições beneficiadas com os investimentos está a Universidade Estadual do Tennessee, que funcionará como um centro nacional para treinar educadores e apoiar 11 instituições com alunos historicamente negros, a exemplo da Universidade Clark e Universidade Texas Southern.

Em colaboração com a Universidade Estadual da Califórnia, a companhia pretende lançar o seu Hub Global HSI, que trabalhará com outros centros semelhantes pelo país, para promover a igualdade racial entre hispânicos.

A Apple incluirá o primeiro grupo de fundadores e desenvolvedores latino-americanos em seu programa Entrepreneur Camp em 2022. Os participantes do laboratório de tecnologia terão a oportunidade de trabalhar com especialistas, engenheiros e líderes da gigante de tecnologia para elevar suas experiências.

A empresa também se comprometeu com investimentos em organizações que promovem a justiça nos âmbitos criminal e ambiental. De acordo com a companhia, esses compromissos também ajudarão a promover a justiça racial, étnica, econômica e de gênero, e ainda proteger a juventude para erradicar a prática de penas extremas no sistema de justiça criminal.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes