Xiaomi registra com sucesso uma nova divisão para carros elétricos

1 min de leitura
Imagem de: Xiaomi registra com sucesso uma nova divisão para carros elétricos
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A fabricante chinesa Xiaomi confirmou o registro de uma nova divisão dentro da empresa. A partir de agora, há um setor dedicado à pesquisa de tecnologias e deve futuramente lançar carros elétricos: a Xiaomi EV (sigla para electric vehicles).

Segundo a agência de notícias Reuters, a Xiaomi EV já tem 300 funcionários contratados ou remanejados e planeja trazer novos talentos. Só nesse início de operações, o capital registrado da divisão é de 10 bilhões de yuan — cerca de R$ 7,9 bilhões em conversão direta de moeda.

As informações batem com os planos iniciais da marca, que foram divulgados em março deste ano. O próprio CEO da Xiaomi, Lei Jun, será o representante do segmento. O lançamento de um carro elétrico é tido por ele como "o último grande projeto de empreendimento", o que pode significar que a sua aposentadoria como chefe-executivo está chegando.

Vai demorar

Por enquanto, não há detalhes sobre o projeto da Xiaomi para o setor de carros elétricos nem qualquer previsão de lançamento.

De concreto, a marca recentemente anunciou a aquisição da startup Deepmotion, que desenvolve algoritmos de piloto automático. Agora, a companhia está em busca de montadoras que possam realizar parcerias e de outras empresas que desejem adquirir partes da Xiaomi EV. A gigante chinesa do ramo imobiliário Evergrande Group é uma das candidatas.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes