Apple News reduz taxa cobrada para atrair novos editores

1 min de leitura
Imagem de: Apple News reduz taxa cobrada para atrair novos editores
Imagem: Apple/Divulgação
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Apple anunciou nessa quinta-feira (26) a redução da comissão cobrada das empresas jornalísticas interessadas em participar do serviço Apple News. A partir de agora, a taxa exigida dos editores de notícias será de 15%, metade do que ela cobrava anteriormente (30%).

Para ter direito ao benefício, as produtoras deverão se inscrever no Programa de Parceiros de Notícias da Apple, que acaba de ser lançado, além de concordar com algumas exigências da big tech. Uma delas é fornecer todo o material à plataforma no Formato Apple News (ANF).

Os participantes também precisam manter um “canal Apple News robusto” nos Estados Unidos, Austrália, Canadá e Reino Unido. Aqueles que estiverem fora dessas regiões e não publicarem em ANF precisarão compartilhar o conteúdo fornecido por meio de um feed RSS.

O Apple News possui 125 milhões de usuários ativos.O Apple News possui 125 milhões de usuários ativos.Fonte:  Apple/Divulgação 

E tem mais. As publicações que aderirem ao programa devem produzir conteúdos exclusivos para o serviço e oferecer aos usuários a renovação automática da assinatura por meio do sistema de compras da App Store. Em contrapartida, os editores ficam com 100% da receita obtida por meio dos anúncios vendidos dentro da plataforma.

Reduções em outros serviços

Além do app de notícias do iPhone, que conta com 125 milhões usuários ativos atualmente, segundo a empresa, a redução nas taxas da App Store já havia acontecido em relação a outros serviços. A empresa cortou pela metade a comissão cobrada das plataformas de vídeo, por exemplo, mas fazendo exigências.

No ano passado, a Apple lançou um programa destinado às empresas que faturam menos de US$ 1 milhão em vendas líquidas na sua loja de apps. As organizações que se enquadram nessa faixa de renda pagam 15% de comissão.

A redução também acontece quando o usuário renova a assinatura de um serviço pelo segundo ano. Nestes casos, a fornecedora repassa 15% do valor à Apple, em vez dos 30% referentes aos primeiros 12 meses.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.