Amazon quer aprimorar revenda de itens devolvidos

1 min de leitura
Imagem de: Amazon quer aprimorar revenda de itens devolvidos
Imagem: ITV
Avatar do autor

A Amazon anunciou em seu blog, na quarta-feira (4), a instituição de dois programas cujo objetivo é dar uma “segunda vida” aos produtos devolvidos ou não vendidos em sua plataforma. Chamados de Fulfillment by Amazon (FBA), os programas irão permitir que as empresas parceiras revendam parte desses produtos para ajudar a construir uma “economia circular”.

A iniciativa está sendo lançada após a emissora britânica ITV ter divulgado, no dia 22 de junho, uma reportagem denunciando que a gigante do ecommerce destrói regularmente milhões de mercadorias não vendidas de seu estoque. Os itens são jogados em latões de lixo, transportados por caminhões e despejados em centros de reciclagem ou aterros sanitários.

Após a divulgação da reportagem da ITV, a Amazon passou a ser duramente criticada por políticos e ambientalistas do Reino Unido. O primeiro-ministro Boris Johnson prometeu investigar o caso, e o grupo Greenpeace afirmou em seu blog que a prática comprova que a empresa americana “trabalha dentro de um modelo de negócios baseado na ganância e na velocidade”.

Os novos programas da Amazon

Fonte: The Amazon Blog/ReproduçãoFonte: The Amazon Blog/ReproduçãoFonte:  The Amazon Blog 

O primeiro programa da Amazon, FBA Grade and Resell, oferece a parceiros de vendas terceirizados a oportunidade de vender produtos devolvidos à Amazon, como itens usados, em vez de recebê-los de volta. Ou seja, a partir de agora, todo item devolvido pode ser encaminhado automaticamente pelos vendedores ao novo programa.

A partir daí, o item será classificado pela Amazon como "Usado - Como novo", "Usado - Muito bom", "Usado - Bom" e "Usado - Aceitável", e os vendedores definem um preço e gerenciam as vendas como fazem com os itens novos.

Já o “FBA Liquidations” proporciona aos vendedores a opção de usar o canal de revenda de atacado e a tecnologia da Amazon para recuperar uma parte de seu estoque devolvido ou excedente. Com isso, a própria empresa parceira, e não mais a Amazon, pode incluir o produto no programa de revenda em massa.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.