Plataforma Lattes volta parcialmente após 10 dias fora do ar

1 min de leitura
Imagem de: Plataforma Lattes volta parcialmente após 10 dias fora do ar
Imagem: ANPG/Reprodução
Avatar do autor

Os currículos da Plataforma Lattes voltaram a estar acessíveis na noite de terça-feira (3), depois de um apagão de dez dias em servidores do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Por enquanto, o reestabelecimento é parcial e não é possível fazer atualizações nas informações.

Em nota, o CNPq afirma ser possível imprimir e fazer download dos currículos e alerta que poderá haver lentidão por conta do elevado número de acessos. A base de dados disponível teve atualizações até às 18h do dia 23 de julho, quando o servidor responsável pela plataforma ficou fora do ar. O órgão afirma que a restauração de dados está em andamento e novas atualizações serão feitas nos próximos dias.

A plataforma Carlos Chagas, também de responsabilidade do CNPq, continua fora do ar. O site, que reúne informações sobre bolsas, auxílios e encaminhamento de projetos científicos, ainda não tem previsão de retorno de funcionamento.

Apagão nos sistemas do CNPq

Plataforma que homenageia um dos cientistas mais brilhantes do Brasil voltou ao ar parcialmente. (Fonte: CNPq/Reprodução)Plataforma que homenageia um dos cientistas mais brilhantes do Brasil voltou ao ar parcialmente. (Fonte: CNPq/Reprodução)Fonte:  CNPq/Reprodução 

A queda nos sistemas ocorreu pela queima de um dispositivo responsável por controlar os servidores onde as plataformas do CNPq ficam hospedadas. O apagão teria acontecido durante a migração de dados para um novo servidor.

O principal equipamento do órgão teria sido atingido, e uma empresa terceirizada foi contratada para fazer o reparo, pois não havia contratação de manutenção nem garantia para o aparelho.

O CNPq é principal a agência federal de fomento à pesquisa e mantém a maior e mais importante plataforma científica do Brasil. Os servidores do órgão abrigam toda a produção nacional, como projetos, pesquisas e trabalhos desenvolvidos por pesquisadores e universidades brasileiras. A agência também é responsável pelo pagamento de bolsas a cientistas no país.

O órgão garante que não houve perda de dados da Plataforma Lattes e o pagamento de bolsas científicas não será afetado pelo problema. Todos os prazos de ações relacionadas ao fomento do CNPq, como envio de propostas, vigência de bolsas e prestação de contas, foram suspensos e prorrogados.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.