Dona do Google, Alphabet tem crescimento de 166% nos lucros

1 min de leitura
Imagem de: Dona do Google, Alphabet tem crescimento de 166% nos lucros
Imagem: Wikimedia/Reprodução
Avatar do autor

A Alphabet, conglomerado que abriga o Google, anunciou nesta terça (27) o seu resultado do segundo trimestre de 2021 e superou as expectativas do mercado. O movimento de retomada de receita foi acompanhado por outras Big Techs, como Apple e Microsoft.

De abril a junho, a holding faturou US$ 61,88 bilhões, o que representa um crescimento de 62% frente ao mesmo período do ano passado, quando a pandemia por coronavírus derrubou a receita para US$ 38,3 bilhões. O lucro líquido do conglomerado foi de US$ 18,5 bilhões no 2T21, que marca uma expressiva alta anual de 166,2%.

O CEO do Google e da Alphabet, Sundar Pinchai, atribui o resultado ao crescimento de atividades online em várias partes do mundo. “Nossos investimentos de longo prazo em IA e Google Cloud estão nos ajudando a impulsionar melhorias significativas na experiência digital de todos”, ressalta.

Origem das receitas

Anúncio no Google ainda são a principal receita da Alphabet. (Fonte: Pixabay/Firmbee/Reprodução)Anúncio no Google ainda são a principal receita da Alphabet. (Fonte: Pixabay/Firmbee/Reprodução)Fonte:  Pixabay/Firmbee/Reprodução 

A principal origem das receitas da Alphabet veio da publicidade no Google. Foram faturados US$ 50,44 bilhões entre abril e junho de 2021, um crescimento de 69% frente ao mesmo período do ano anterior.

O YouTube rendeu US$ 7 bilhões em receita no trimestre, alta anual de 83%, um resultado bem próximo do faturamento da Netflix. O Google Cloud, serviço de armazenamento em nuvem, faturou US$ 4,63 bilhões.

Resultado da Microsoft e Apple

A Apple e Microsoft também anunciaram, nesta terça, os seus resultados do último trimestre. A fabricante do Windows faturou US$ 46,2 bilhões e teve lucro de US$ 16,5 bilhões no segundo trimestre de 2021. A receita foi impulsionada pelo seu serviço de nuvem que teve faturamento de US$ 17,4 bilhões no período.

Já a Apple registrou a maior receita e lucro entre as três Bigs Techs e apresentou um resultado recorde. O faturamento da empresa ficou em US$ 81,4 bilhões, com lucro de US$ 21,74 bilhões no trimestre. As vendas de iPhone representaram quase metade da receita e somaram US$ 39,6 bilhões.


News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.