Rolo compressor destrói mais de mil máquinas de bitcoin na Malásia

1 min de leitura
Imagem de: Rolo compressor destrói mais de mil máquinas de bitcoin na Malásia
Imagem: Reprodução/MichaelWuensch Pixabay
Avatar do autor

Na última sexta-feira (16), o jornal Dayak Daily publicou um vídeo da destruição de 1.069 mineradoras de bitcoin pelo departamento de polícia da cidade de Miri, estado de Sarawak, Malásia. Os equipamentos "amassados" possuíam um valor estimado de US$ 1,26 milhão, quase R$ 6,44 milhões em conversão direta. Confira o vídeo do evento abaixo.

"Panqueca" de bitcoin

As máquinas foram apreendidas em seis operações diferentes entre fevereiro e abril de 2021 e eram utilizadas em "criptominas" clandestinas, que roubavam eletricidade do município. As autoridades optaram por destruir as mineradoras devido a uma ordem judicial.

"Um total de seis pessoas foram acusadas na seção 379 do código penal por roubo de eletricidade. Elas receberam uma multa de 8 milhões de ringgits (cerca de R$ 9,7 milhões) e foram presas por até oito meses", afirmou o comissário assistente Hakemal Hawari.

As apreensões são frutos de uma parceria entre departamento de polícia e a companhia de eletricidade Sarawak Energy Berhad. Hakemal afirmou ao jornal CNBC que US$ 2 milhões em energia foram roubados, cerca de R$ 10 milhões em conversão direta.

Este caso é similar ao que ocorreu na Ucrânia no começo do mês de julho; milhares de PlayStations 4 foram apreendidos em um galpão que roubava energia elétrica da cidade de Vinnytsia. No entanto, o destino dos consoles ainda não foi informado.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Rolo compressor destrói mais de mil máquinas de bitcoin na Malásia