Joe Biden derruba mais restrições ao TikTok e WeChat nos EUA

1 min de leitura
Imagem de: Joe Biden derruba mais restrições ao TikTok e WeChat nos EUA
Imagem: Reprodução/NBC News
Avatar do autor

Na segunda-feira (21), o Departamento de Comércio dos Estados Unidos anunciou a retirada do TikTok e do WeChat de mais uma lista de restrições impostas às companhias chinesas. Agora, empresas norte-americanas podem voltar a realizar transações financeiras com as asiáticas.

O movimento ocorre após a rescisão de uma série de ordens executivas implementadas pelo ex-presidente Donald Trump em agosto de 2020 e em janeiro de 2021. A medida, comandada por Joe Biden, soma-se a outras que liberaram o download dos apps por lá recentemente.

Para chegar a tal decisão, o atual comandante da Casa Branca havia solicitado um monitoramento de aplicativos, supostamente, capazes de afetar a segurança nacional do país, empreendido pela entidade que determina regulamentos associados à área.

Além disso, a instituição deveria, dentro de 120 dias, fornecer recomendações de proteção de dados adquiridos por ou acessíveis à empresas estrangeiras consideradas adversárias.

Aplicativos recebem "sinal verde" de Joe Biden.Aplicativos recebem "sinal verde" de Joe Biden.Fonte:  Reprodução/Kevin Frayer/Getty Images 

Tudo certo, por enquanto

Com a novidade, no total, oito aplicativos de tecnologia financeira e de comunicações foram beneficiados pela medida.

Vale lembrar que 19 milhões de pessoas no território utilizam o WeChat para diversas funcionalidades, inclusive relacionadas a efetivação de transações comerciais com empresas chinesas, já que o WhatsApp é banido do país.

Por fim, apesar das liberações, há outros casos e recursos em andamento, alguns deles apenas pausados.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.
Joe Biden derruba mais restrições ao TikTok e WeChat nos EUA