Uber agora é dona da startup de delivery de compras Cornershop

1 min de leitura
Imagem de: Uber agora é dona da startup de delivery de compras Cornershop
Imagem: Cornsershop/Divulgação
Avatar do autor

A Uber anunciou, nesta segunda-feira (21), a aquisição dos 47% restantes da participação na Cornershop, startup chilena de entregas de supermercados. A compra mostra que a empresa está investindo cada vez mais fora do setor principal de transporte.

A aquisição completa ocorre quase dois anos após a Uber adquirir uma participação majoritária na Cornershop. Atualmente, o serviço de delivery está disponível no Brasil, EUA, Canadá, Peru e Colômbia.

Corneshop foi lançado no Brasil em abril de 2020.Corneshop foi lançado no Brasil em abril de 2020.Fonte:  Cornershop/Divulgação 

“A Uber já possui cerca de 50% da Cornershop e vimos que o trabalho conjunto pode gerar ótimos resultados. Um exemplo é a nossa atuação no Brasil em 2020, onde nos tornamos um player líder”, disse Oskar Hjertonsson, CEO e fundador da Cornershop.

No Twitter, o executivo destacou que o negócio precisava operar como uma única empresa para desbloquear todo o potencial da parceria. Assim, ele diz estar orgulhoso que a startup tenha se tornado uma parte essencial da estratégia global da Uber.

Desde o início da pandemia, a Uber segue investindo no segmento Eats.Desde o início da pandemia, a Uber segue investindo no segmento Eats.Fonte:  Uber/Divulgação 

A equipe de engenheiros chilenos da Cornershop continuará atuando no projeto com o objetivo de tornar a integração entre os apps ainda mais rápida. Por fim, o acordo de aquisição deve ser concluído em julho.

Aposta em outros setores

Embora tenha ajudado a popularizar o modelo de serviço, o app de caronas da Uber ainda não se mostrou realmente lucrativo. Assim, a companhia mira em outras áreas de atuação, como é o caso do Uber Eats, que cresceu durante a pandemia de covid-19.

Desde o ano passado, a Uber concentrou os esforços em ampliar o segmento Eats. A companhia adquiriu o serviço de entrega de alimentos Postmates, em julho de 2020, e o delivery de bebidas alcoólicas Drizly, em fevereiro deste ano.

Por outro lado, a empresa “se livrou” dos segmentos de transportes de maior custo. Por exemplo, a companhia vendeu a subsidiária de veículos autônomos Advanced Technologies Group e a divisão de táxi aéreo, a Uber Elevate.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.