O estrago que a Apple e o iOS 14 podem fazer no Facebook

1 min de leitura
Imagem de: O estrago que a Apple e o iOS 14 podem fazer no Facebook
Imagem: Pexels
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Apple tem adotado diferentes medidas para garantir mais privacidade aos usuários de seus produtos. Nos últimos meses, a empresa está trabalhando na atualização do iOS 14.5 que contará com o recurso App Tracking Transparency. Com ele, os aplicativos não poderão mais rastrear usuários entre sites e outras plataformas sem consentimento. O Facebook, como já se imagina, não será beneficiado com a nova função disponibilizada pela Maçã, já que tornará os anúncios feitos na rede social menos eficazes.

Ex-funcionários do Facebook conversaram com a CNBC para explicar como a plataforma será afetada pela mudança. Segundo eles, a rede social possui uma ferramenta chamada "conversões de exibição" que mede quantos usuários visualizaram uma propaganda e depois compraram o item ou produtos relacionados. É nesse ponto que as novidades da Apple podem fazer um verdadeiro estrago na rede social de Mark Zuckerberg.

Após a venda de uma mercadoria, uma loja online registra o "IDFA" (número de identificação do dispositivo) e compartilha o dado com o Facebook, que verifica se o código corresponde a um usuário que viu o anúncio do produto na rede social.

ioS 14.5A atualização do iOS dará ao usuário o poder sobre quais dados poderão ser compartilhados (Apple/Divulgação)Fonte: Apple/Divulgação

A atualização do iOS 14 permite que os usuários escolham se querem ou não que os aplicativos gravem o seu IDFA. Desta forma, com a imprecisão dos anúncios, os varejistas podem redirecionar seus investimentos para outros aplicativos que deem retornos mais assertivos, levando à perda de anunciantes no Facebook.

Pequenos negócios serão afetados?

Em contrapartida, a empresa de Mark Zuckerberg tem trabalhado na campanha em defesa aos anúncios personalizados, com a justificativa de que são a "chave para o sucesso de pequenos negócios". Henry Love, um dos ex-colaboradores da rede social, no entanto, afirma que a mudança pode não afetar os pequenos anunciantes, pois os negócios locais geralmente conseguem atingir seu público-alvo sem usar os rastreadores IDFA.

Ele afirma que uma empresa pequena geralmente limita sua segmentação a categorias amplas, como faixa etária ou localização do usuário. “Se você falasse com qualquer dono de restaurante em qualquer lugar e perguntasse o que é IDFA, acredito que nenhum deles saberia o que é”, disse à CNBC. “Está afetando o Facebook em grande escala. Não os proprietários de pequenas empresas".

A atualização do iOS 14 deve chegar aos usuários no final deste mês.

News de tecnologia e negócios Deixe seu melhor e-mail e welcome to the jungle.

Fontes